Minas Gerais

25 de Outubro de 2014

Você está em:

Notícias

Notícias

Segurança do Tribunal de Contas é autuado por homicídio

Agente de 40 anos teve a prisão pedida pela Civil; decisão cabe à Justiça

Do R7 MG, com Record Minas | 19/12/2012 às 15h04
Publicidade

A morte de um invasor no prédio do TCE (Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais) nesta quarta-feira (19) levou um segurança a ser autuado em flagrante por homicídio. O funcionário, identificado pelas iniciais M.A.C, 40 anos, atingiu a vítima com um tiro na barriga após intensa perseguição dentro do prédio, que fica na avenida Raja Gabaglia, região oeste de BH.

O delegado Emerson Morais, da delegacia de homicídios leste, pediu a prisão preventiva, mas a detenção depende da Justiça acatar o pedido. Outros dois seguranças, que participaram da imobilização do suspeito, devem constar apenas como testemunhas no boletim de ocorrência.

Bandido faz buraco em parede para tentar invadir lotérica em Contagem

Peritos confirmaram que a vítima morreu em decorrência do disparo. Somente as investigações poderão determinar se o homem pulou o muro antes ou depois de ser atingido.

Para Musso José Veloso, diretor de segurança do TCE, ficou clara a resistência à prisão.

— Somente a perícia vai dizer a causa realmente da morte. Está claro que houve uma invasão ao Tribunal e a resistência à prisão e que os vigilantes devem agir neste caso.

Transtornado, o suspeito invadiu o TCE por volta das 6h dizendo que estava sendo perseguido. Ele foi orientado por um segurança a deixar o local, mas coreu em direção ao prédio, caiu de uma altura de 10 metros, entrou na biblioteca e quebrou janelas e diversos objetos. O suspeito, que ainda não teve a identidade divulgada, precisou ser contido por três seguranças.

 
Veja Relacionados:  tce, morte, queda, raja gabaglia
tce  morte  queda  raja gabaglia 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!
RSS