Minas Gerais

Zezé Perrella também usava helicóptero apreendido com cocaína, diz advogado

Em três anos, os gastos do senador com combustível para a aeronave chegaram a R$ 100 mil 

Do R7 com Record Minas

Zezé usava a aeronave para uso particular Record Minas

O senador Zezé Perrella (PDT) também usava o helicóptero que foi flagrado transportando 445 kg de cocaína, no Espírito Santo.

De acordo com dados do Portal da Transparência do Senado Federal, em três anos, os gastos do senador com combustível para a aeronave chegaram a R$ 100 mil. Só este ano, de janeiro a outubro, Perrella pagou mais de R$ 11 mil e foi reembolsado.

Segundo o advogado Antônio Carlos de Almeida, o helicóptero é a única aeronave da família Perrella e é usada 90% para trabalho, tendo algumas exceções.

— Eles usam também para uso particular. O Zezé usa, de vez em quando, para ir à uma festa, na casa de alguém.

Leia mais notícias no R7 Minas

Líder do Solidariedade pede afastamento de Perrella após escândalo com helicóptero

Helicóptero de Perrella era abastecido com verba da ALMG

Se a investigação da PF (Polícia Federal) apontar que Gustavo Perrella (SDD) sabia do transporte de drogas, o helicóptero será leiloado pela Receita Federal. A aeronave, modelo Robinson 66, é avaliada em R$ 3 milhões e ainda periciada pela PF. O procedimento deve ser concluído em dezembro.

A lei 11.343/06 determina que bens apreendidos em ações de traficantes poderão ser leiloados e o valor deve ser revertido para tratamento de dependentes químicos e na repressão destes crimes. Somente o juiz que recebe a denúncia, no entanto, pode determinar o leilão dos bens. Porém, o proprietário ainda pode entrar com recurso no Tribunal de Justiça e no Superior Tribunal de Justiça para reaver o bem. Após o trânsito em julgado do processo, quando não há mais possibilidade de recurso, a aeronave é entregue à Receita Federal.

  • Espalhe por aí:
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!