Coveiros de cemitério no Caju (RJ) cruzam os braços por salários atrasados

A greve que começou na tarde de quinta-feira (18) continuou na manhã desta sexta no cemitério do Caju, na zona portuária do Rio. Os trabalhadores cobram salários atrasados.