Beltrame vira réu em processo sobre compra de viaturas da PM do Rio

Secretário de Estado de Segurança é acusado do crime em relação à compra de viaturas

Beltrame é acusado de improbidade administrativa
Beltrame é acusado de improbidade administrativa Arquivo / Fev. 2015 / Severino Silva / Agência O Dia

A Justiça do Rio de Janeiro aceitou nesta sexta-feira (9) a denúncia contra o Secretário de Estado de Segurança, José Mariano Beltrame, por improbidade administrativa na aquisição de viaturas da Polícia Militar.

A decisão da 7ª Vara da Fazenda Pública do Rio de Janeiro, entretanto, indeferiu o pedido do Ministério Público de indisponibilidade de bens de Beltrame dos outros quatro acusados, no valor total de aproximadamente R$ 134 milhões.

Na ação do MP, o objetivo é apurar irregularidade na contratação da empresa Júlio Simões, através da Secretaria de Segurança, pelo governo do Rio, para compra de viaturas. A justiça também negou liminar para cancelamento dos contratos e o ressarcimento do valor aos cofres públicos.