Small-house Faça do R7.com sua página inicial

SIM NÃO

Rio de Janeiro

Rio de Janeiro

12/7/2013 às 16h54

Castrinho puxa carreata contra violência na Barra da Tijuca

Há um mês, ator e mulher foram vítimas de dois assaltos seguidos no Recreio

Pedro Neville, do R7

Castrinho esteve na quinta (11) na entrega de um prêmio da ABMN Pedro Neville / R7

Um mês após Castrinho e a mulher, Andréa Guimarães, escaparem de dois assaltos no mesmo dia no Recreio, na zona oeste do Rio, o casal resolveu puxar uma carreata pela região pedindo paz. Dezenas de carros saíram por volta das 16h do Recreio Shopping e seguiram em direção ao começo da Barra da Tijuca.

O ator, que está no ar na novela Dona Xêpa, da Rede Record, conversou com o R7 sobre o propósito da manifestação.

— Quase não temos câmeras de vigilância no Recreio. A violência do jeito que está não pode continuar.

Em entrevista ao Cidade Alerta, da Rede Record, Castrinho e Andréa Guimarães deram detalhes sobre as duas abordagens de ladrões que sofreram. Em uma das tentativas de roubo, um criminoso armado disparou contra o carro em que estavam. A bala atingiu de raspão o queixo de Andréa. Ela contou que, graças a um movimento que fez com a cabeça, o ferimento não foi maior.

— Pisei e acelerei o carro. O cara já vinha na minha direção falando 'perdeu, perdeu' e atirou. Coloquei a minha cabeça pra trás, a bala bateu no meu queixo e desviou. Foi se alojar na porta.

Castrinho, que estava no banco do carona no momento do assalto, assumiu a direção do veículo e correu para o Hospital Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, onde a mulher foi atendida. Os exames apontaram que a lesão no queixo foi superficial.

Cerca de duas horas antes de ser baleada, Andréa já tinha escapado de um outro assalto. Ela contou que decidiu acelerar o carro ao ver bandidos armados. Os criminosos também realizaram um disparo, mas a bala atingiu outro veículo, onde estava uma mulher. Andréa afirmou que os ladrões, que pareciam menores de idade, fugiram rapidamente.

— Olhando pelo retrovisor, eu vi que a bala tinha parado em outro carro. Demos a volta no quarteirão e voltamos, mas os dois menores já tinham se evadido. Esperamos o Corpo de Bombeiros chegar para levá-la [a mulher baleada] para hospital. Quando estávamos quase chegando à delegacia para registrar a ocorrência, outros bandidos surgiram, saindo de uma van escolar.

Assista aos relatos de Castrinho e Andréa Guimarães na época do episódio:

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade
Compartilhe
Compartilhe
Topless no calçadão

Ativista fica seminua em Copacabana para protestar contra exploração sexual

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Nudismo no Mundial

Copa do Mundo aumenta movimento de peladões em praia nudista do Rio

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Assédio em Copacabana

Porteiro acusado de chamar universitária de "gostosa" quer processar jovem

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Péssima ideia

Homem tem mais de 200 perfurações na mão após dar tapa em ouriço

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Estreia

Maria UPP encarna policial em filme adulto após polêmica com PMs no Rio

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Saudades do verão?

Veja mais de 100 musas das praias do Rio

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
  • Últimas de Rio de Janeiro

  • Últimas de Notícias

Mais Clicadas

Compartilhe
Acrílico no bumbum

Após 6 meses internada, mulher que fez mais de 60 cirurgias volta para casa

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Fotos

Veja momento em que dançarina do Latino, baleada, é socorrida por frentistas

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
O preço do luxo!

No bairro mais caro do Brasil, imóvel de frente para praia custa R$ 35 milhões

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!