Manifestação interdita via do centro do Rio; grupo invade Central do Brasil

Objetivo do grupo é protestar contra aumento das passagens de ônibus e trem no Estado

Mais de 3.400 pessoas confirmaram presença pela internet
Mais de 3.400 pessoas confirmaram presença pela internet Reprodução Rede Record

Uma manifestação interditou por volta das 18h30 desta terça-feira (28) a pista lateral da av. Presidente Vargas, na altura da av. Rio Branco, sentido praça da Bandeira, no centro do Rio. Segundo o Centro de Operações do Rio, o desvio é realizado pela pista central. 

O objetivo do grupo é protestar contra o aumento das passagens de ônibus e trem no Rio de Janeiro. A mudança do preço já foi anunciada pelo prefeito da cidade, Eduardo Paes, para o início deste ano. Mas ainda não foi determinada. 

Por volta das 19h30, um grupo entrou na Central do Brasil e tentou forçar a entrada gratuita nos trens aos gritos de "pula que é de graça". Ás 20h, diversas pessoas já haviam entrado na estação sem pagar.

Apesar da manifestação na estação Central do Brasil, a SuperVia disse que a circulação dos trens estava normal  e que o ato era pacífico. Além disso, a concessionária responsável pelos trens, reforçou o número de agentes para conter o grupo. 

Por volta das 20h, a pista lateral da av. Presidente Vargas ainda estava interditada, de acordo com o Centro de Operações do Rio.