R7 - Rio de Janeiro

Rio de Janeiro

25 de Abril de 2014

Notícias

Sexo na praia: Cicarelli de Rio das Ostras irá prestar serviços comunitários

Wanderléa dos Santos conseguiu o perdão do namorado, mas não o da Justiça

Do R7 | 18/04/2013 às 13h56
Publicidade

Wanderléa dos Santos, de 41 anos, mais conhecida como a Cicarelli de Rio das Ostras, conseguiu o perdão do namorado, após ser flagrada fazendo sexo na praia com outro homem, mas não o da Justiça. Para escapar de processo judicial, Wanderléa aceitou a proposta do MP (Ministério Público) e irá prestar serviços comunitários por quatro meses, além de doar R$ 300 em cestas básica. Ela precisará cumprir uma carga horária de 5 horas semanais. A instituição será definida pela Justiça.

De acordo com o Tribunal de Justiça, Leonardo Martins Faustino, de 37 anos, com quem Wanderléa foi flagrada tendo relações sexuais dentro do mar, não foi localizado para receber a intimação. Será marcado outro dia para sua audiência.

O vídeo com cenas quentes na praia da região dos Lagos continua fazendo sucesso na internet e tem mais de quatro milhões de acessos. Enquanto Wanderléa e Leonardo estão na água, outros banhistas comentam e aplaudem ironicamente a situação.

O apelido Cicarelli de Rio das Ostras foi dado em referência à apresentadora de TV também flagrada em cenas sensuais numa praia na Espanha.

Wanderléa quer que imagens sejam retiradas do Youtube

Depois que o caso ganhou repercussão, Wanderléa contou que se sente humilhada após o vídeo virar hit na internet. Ela quer que as imagens sejam retiradas do Youtube e manifesta intenção de processar quem postou o vídeo no site.

— Estou sendo muito humilhada e não tenho defensor. Queria que essa imagem saísse do Youtube.

Em entrevista ao R7, ela afirmou vem sofrendo bullying de vizinhos e parentes. As provocações também se direcionam ao namorado dela. Ela conta que só seu pai e uma irmã estão do seu lado.

Wanderléa afirma que seu namorado com quem passou a morar junto depois do Carnaval em Rio das Ostras, também vem sofrendo provocações. Segundo ela, o rapaz é chamado de corno por colegas de trabalho e vizinhos. Sobre o homem com quem surge no vídeo, ela diz que o conheceu no Carnaval, quando resolveram dar uns amassos na água.


 
Veja Relacionados:  Cicarelli, Rio das Ostras, serviços, comunitários, pagar, cestas, básicas
Cicarelli  Rio das Ostras  serviços  comunitários  pagar  cestas  básicas 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!
RSS