R7 - Rio de Janeiro

Rio de Janeiro

31 de Outubro de 2014

Notícias

"Já quebrou um vidro em cima de mim", diz ex-mulher de motorista de tragédia na av. Brasil

Condutor dirigia o veículo que caiu de um viaduto e provocou a morte de 8 pessoas

Do R7, com Balanço Geral RJ | 26/04/2013 às 01h00
Publicidade

Quase um mês após o acidente de ônibus da linha 338 com a morte de oito pessoas na avenida Brasil, na zona norte do Rio, a ex-mulher do motorista disse, em entrevista ao Balanço Geral, que entrou na Justiça pedindo medida protetiva para que o ex-marido não chegue perto dela. A acusação é de que André Luiz Oliveira teria feito ameaças contra ela, em meio a uma briga judicial pela pensão alimentícia da filha dos dois.

Segundo a manicure Francilene dos Santos, de 40 anos, as intimidações e agressões de André Luiz começaram bem antes da separação, em 2011. De lá para cá, ela já fez três denúncias na polícia contra o ex-marido: duas por agressão física e a última, registrada no último domingo (21), por ameaça.

Francilene diz que o motivo da última queixa foi porque ela entrou na Justiça com pedido de pensão alimentícia para a filha mais nova, que, segundo ela, está desde julho de 2012 sem receber nenhuma ajuda financeira.

— Ele é agressivo, já até quebrou uma porta de vidro em cima de mim e da nossa filha de dois anos. Agora, me ameaçou. Ele chegou no salão onde trabalho e disse: ' Eu estou bem. Daqui a 18 dias você vai ver o que sou capaz. O registro [pedido de pensão] que você têm não vale de nada. Limpa o rosto com ele'.

Polícia pede prisão preventiva

A Polícia Civil pediu à Justiça no dia 10 a prisão preventiva do motorista André Luiz da Silva Oliveira e do estudante Rodrigo dos Santos Freire. De acordo com o inquérito, os dois brigaram e, com isso, foram os responsáveis pela queda do ônibus.

O delegado José Pedro da Costa, titular da delegacia de Bonsucesso (21ª DP), indiciou o motorista e o estudante por homicídio doloso com dolo eventual, ou seja, quando se adota conduta indevida assumindo o risco de morte. Baseado em depoimentos de sobreviventes, Costa explicou o acidente em uma entrevista.

— Não há dúvidas do que aconteceu no acidente. Ele foi provocado pela briga entre o motorista e um passageiro. Quando os dois começaram a discussão, eles assumiram o risco de matar as pessoas.

O Ministério Público, no entanto, devolveu o inquérito e pediu novos laudos ao delegado. O motorista e o suposto agressor dele continuam em liberdade.

Assista ao vídeo:

 


 
Veja Relacionados:  ele, já, quebrou, porta, vidro, minha, cabeça, filha, diz, ex, mulher, motorista, 338
ele  já  quebrou  porta  vidro  minha  cabeça  filha  diz  ex  mulher  motorista  338 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!
RSS