R7 - Rio de Janeiro

Rio de Janeiro

25 de Outubro de 2014

Notícias

Alvo de disputas, Museu do Índio tem princípio de incêndio

Segundo bombeiros, fogo atingiu a parte elétrica do prédio

Do R7 | 08/02/2013 às 11h23

Publicidade

O prédio do antigo Museu do Índio, no Maracanã, zona norte do Rio de Janeiro, sofreu um princípio de incêndio na madrugada desta sexta-feira (8). Segundo o Corpo de Bombeiros, o fogo começou às 2h55 da manhã e foi rapidamente controlado. As chamas foram provocadas por um curto-circuito nas instalações elétricas. Ninguém ficou ferido.

O prédio do Museu do Índio é alvo de uma disputa entre indígenas e o Governo do Rio de Janeiro. No entanto, no dia 28 de janeiro, o Estado decidiu preservar a construção, ocupada por indígenas. O palacete de 1850 seria demolido dentro dos planos de modernização do entorno do Maracanã para a Copa 2014. No entanto, após a polêmica gerada pela medida, que foi criticada até pelo Ministério de Cultura, a decisão foi revista.

Inaugurado em 1953, o museu foi desativado em 1978, mas a edificação foi ocupada por integrantes de diferentes etnias em 2006 e transformada na chamada "Aldeia Maracanã". Depois do anúncio de que o palacete seria demolido, a ocupação foi reforçada por outros índios, que decidiram resistir às tentativas de remoção.  Segundo o governo, agora a edificação será preservada e declarada patrimônio histórico da cidade, mas, para isso, o local terá que ser desocupado.

O Estado se comprometeu a pagar temporariamente o aluguel dos índios que vivem no prédio. Eles ficaram em apartamentos de baixo custo enquanto se procura outro local para a instalação da aldeia possivelmente em um terreno público.

Assista ao vídeo:


 
Veja Relacionados:  Alvo, disputas, Museu, Índio, princípio, incêndio
Alvo  disputas  Museu  Índio  princípio  incêndio 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!
RSS