R7 - Rio de Janeiro

Rio de Janeiro

16 de Setembro de 2014

Notícias

Após confusão em fila, Rio terá cadastro fixo para ambulantes

Prefeitura vai assumir cadastramento de camelôs para grandes eventos

Evelyn Moraes, do R7 | 23/01/2013 às 17h23
Publicidade

Após tumulto na fila de cadastramento de ambulantes para o Carnaval de rua do Rio de Janeiro, a prefeitura decidiu tomar frente da organização dos cadastros dos vendedores. Segundo o secretário municipal de Turismo, Antonio Pedro Figueira de Melo, a partir de agora, a Seop (Secretaria Especial de Ordem Pública) vai controlar não só a organização dos ambulantes que vão trabalhar nos blocos, mas de todos aqueles que pretendem se cadastrar para os próximos grandes eventos na cidade, como o Rock in Rio, a visita do Papa à capital e a Copa das Confederações. O cadastramento será único e por regiões da cidade.

— O objetivo é ter um credenciamento fixo na cidade, que sirva para todos os eventos e que seja regionalizado. Por exemplo, se o vendedor mora na zona oeste, vamos cadastrá-lo para trabalhar na visita do Papa, que será em Guaratiba. Se a visita for em Copacabana, vamos dar prioridade para os ambulantes daquela região.

O secretário disse ainda que não haverá cancelamento de contrato com a empresa que faz o cadastramento atualmente. Os vendedores enfrentaram uma enorme fila esta semana para o cadastramento do Carnaval de rua no entorno da Vila Olímpica da Gamboa. Os portões de atendimento foram abertos às 8h. Serão liberadas 5.000 credenciais para aqueles que forem trabalhar nos blocos.

Nesta quarta-feira (23), pelo segundo dia seguido, ambulantes que estavam na fila há mais de dez dias reclamavam da falta de organização. Um homem passou mal e foi socorrido pelos próprios camelôs. Na terça-feira (22), a Polícia Militar e homens do Grupamento da Guarda Municipal foram chamados para conter uma confusão. O tumulto começou devido a criação de uma fila especial para idosos, gestantes, deficientes e mulheres com crianças de colo.

A empresa contratada pela Riotur para distribuição das credenciais informou em nota que o cadastramento está ocorrendo normalmente. Na segunda, 1.890 pessoas foram cadastradas. A entrega das credenciais e do kit de trabalho está sendo feito na Vila Olímpica da Gamboa, zona portuária do Rio.

Assista aos vídeos:


 
Veja Relacionados:  fila, credenciamento, trabalhar, Carnaval, confusão, homem, mal
fila  credenciamento  trabalhar  Carnaval  confusão  homem  mal 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!
RSS