R7 - Rio de Janeiro

Rio de Janeiro

26 de Novembro de 2014

Notícias

Bairros mais afetados pela chuva no Rio
amanhecem com rastro de lixo e lama

Garis recolheram 12 toneladas de lixo em trecho de 500 metros no Catete

Mariana Costa | 06/12/2010 às 16h21
Publicidade

Vários bairros do Rio amanheceram nesta segunda-feira (6) com um rastro lama e muito lixo arrastados pela chuva que atingiu a cidade do Rio de Janeiro na noite deste domingo, no primeiro grande temporal após as enchentes e deslizamentos de abril.

Na rua Pedro Américo, no Catete, os garis retiraram 12 toneladas de lama e lixo que desceram no morro Santo Amaro. Mais à frente, a areia de construção armazenada nas calçadas desceu a rua Tavares Bastos, atingindo a rua Bento Lisboa, que ficou parcialmente interditada.

Funcionários da Light, da secretaria de obras da Prefeitura e garis tentavam liberar a passagem para os carros e desentupir os bueiros, que ficaram repletos de lixo. Com o tempo quente, a lama secou e se transformou em uma nuvem de poeira.

No Catumbi, uma das regiões mais atingidas pela chuva, a segunda-feira foi de muito trabalho para os moradores da rua Carolina Reidner. O aposentado Osvaldo Moraes Duarte Pinto, que vive no bairro há 38 anos, tentava tirar da calçada a lama que tomou conta da rua.

- O Catumbi todo encheu. Já estou acostumado a isso. Os garis vieram, tiraram o grosso e colocaram na rua, mas fica essa sujeira toda que vocês estão vendo. 

Veja imagens do dia seguinte ao temporal 

Moradores reclamam que as duas galerias de águas pluviais não funcionam e costumam vazar mesmo quando não chove. A dona de casa Cristina Maria conta que estava na casa da irmã quando a chuva começou. Ao chegar em casa, encontrou os gêmeos Leandro e Leonardo, de 5 anos, brincando na água da chuva que já havia invadido a residência, uma das mais precárias da rua Carolina Reidner.

- Ficou tudo muito chique aqui em casa, teve cachoeira e piscina.

Em São Cristóvão, mais de 12 horas após o temporal, motoristas desviavam de uma grande poça, bem ao lado da estação de trem, na rua Francisco Eugênio.

No centro, houve alagamentos nas ruas do Santana e Frei Caneca, Praça Mauá, Praça da Bandeira, Campo de São Cristóvão, Largo do Estácio, avenida Rodrigues Alves e professor Pereira Reis, rua Camerino, Praça Tiradentes, rua Primeiro de Março e avenida Francisco Bicalho.

Na avenida Brasil, bolsões se formaram na altura de Caju, Manguinhos, Ilha do Governador, Parada de Lucas, Penha e Cordovil.

Os bairros de Botafogo, Humaitá, Flamengo, Copacabana, Laranjeiras e Catete e a avenida Epitácio Pessoa foram os mais afetados na zona sul.

O bairro mais afetado, segundo o secretário Municipal de Conservação e Serviços Públicos do Rio, Carlos Roberto Osório, foi a Ilha do Governador. A praça da Bandeira ficou totalmente alagada. O rio Joana, no Maracanã, transbordou. Outro bairro afetado foi Santa Teresa, na região central da cidade.

Veja as imagens.


 
Veja Relacionados:  Bairros, chuva, Rio, rastro, lixo, lama
Bairros  chuva  Rio  rastro  lixo  lama 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!
RSS