R7 - Rio de Janeiro

Rio de Janeiro

1 de Setembro de 2014

Notícias

Bandidos jogam ácido em mulher e no filho dela, de 6 anos, em Saquarema

Os dois estão internados em uma clínica particular da zona sul do Rio

Do R7 | 12/12/2012 às 10h54 | Atualizado em: 12/12/2012 às 13h52
Publicidade

A polícia investiga um ataque cruel ocorrido na última terça-feira, em Saquarema, na região dos Lagos. Andreia Montibeler, de 35 anos, e o filho dela, de 6 anos, foram surpreendidos por dois homens em uma moto, que jogaram ácido contra eles. Os dois estão internados em uma clínica particular na zona sul do Rio de Janeiro. Andreia está no CTI da unidade.

Ela havia acabado de buscar o filho na escola quando aconteceu o ataque, em Itaína. Ela sofreu queimaduras do rosto até o peito. Já a criança teria sofrido lesões no braço.

O caso foi registrado na Delegacia de Saquarema (124ª DP), como lesão corporal grave. O delegado Luciano Coelho informou, na manhã desta quarta-feira (12), que está nas ruas fazendo diligências e buscando testemunhas que possam ajudar a esclarecer o caso.

Por causa do estado de saúde, a vítima ainda não foi ouvida, o que deve acontecer assim que ela tiver condições.
Uma das hipóteses consideradas pela polícia é a de vingança. Parentes de Andreia também deverão prestar depoimento. A polícia quer saber se ela tinha inimigos ou se havia brigado com alguém recentemente.

Andreia foi levada para o Hospital de Bacaxá, de onde foi transferida para o Hospital das Clínicas, em Araruama, onde ficou no CTI. De lá, ela foi transferida para a clínica na zona sul do Rio.

Assista ao vídeo:


 
Veja Relacionados:  Ácido, mulher, Saquarema
Ácido  mulher  Saquarema 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!
RSS