R7 - Rio de Janeiro

Rio de Janeiro

27 de Maio de 2016

Notícias

Bombeiros do Rio planejam manifestação em Brasília

Movimento também conta com 500 ônibus para protesto no aterro do Flamengo

Tainá Lara, do R7 | 16/06/2011 às 18h31
Publicidade

Os bombeiros do Rio de Janeiro planejam ir a Brasília, capital do país, com 12 mil homens para pedir a anistia criminal dos 439 presos no dia 4 junho, caso o impasse com o governo do Estado não seja resolvido.  

O movimento da categoria esteve reunido mais uma vez em frente à Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro) nesta quinta-feira. Por volta de 18h, 250 pessoas estavam no local. Um dos líderes dos movimento, o cabo Benevenuto Daciolo, anunciou quais serão os próximos passos do movimento.

No domingo, dia 26 de junho, os bombeiros de todo o Estado foram convocados a se reunir no aterro do Flamengo, zona sul. Segundo Daciolo, mais de 500 ônibus cedidos por deputados estaduais e federais e senadores irão trazer aos participantes do movimento.

- Tentamos falar com nossos comandantes, tentamos falar com o governador. Já estamos há quatro dias esperando uma conversa com o governador, se preciso for vamos para Brasília.

De acordo com o cabo, participavam do movimento desta quinta-feira, policiais militares e civis, professores e profissionais de saúde.

O governador do Rio, Sérgio Cabral, defendeu que o valor dos salários dos bombeiros está relacionado ao grande efetivo do Estado. Ele citou que o Rio tem o maior contingente do país (25%), com 16.500 homens, enquanto o Distrito Federal, onde os militares recebem a maior remuneração, tem apenas 4.800.

A proposta do governo estadual, enviada à Alerj, antecipando o reajuste de 5,58%, foi rejeitada pelos bombeiros. Cabral propôs a antecipação de dezembro para julho dos reajustes que já eram previstos pela casa legislativa.

Na última quarta (15), o governador enviou um projeto de lei à assembleia que propõe que os recursos provenientes da taxa de incêndio sejam usados para custear as gratificações dos bombeiros. Pela proposta, 30% dos recursos do fundo seriam destinados a isso.

tabela-ajustada


 
Veja Relacionados:  Bombeiros, alerj, brasília, governo
Bombeiros  alerj  brasília  governo 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!
RSS