R7 - Rio de Janeiro

Rio de Janeiro

19 de Dezembro de 2014

Notícias

Caso juíza: acompanhe, passo a passo, as investigações

Três PMs suspeitos estão presos, mas negam participação no crime

do R7 | 15/09/2011 às 09h00
Publicidade

A juíza Patrícia Acioli, da 4ª Vara Criminal de São Gonçalo, foi assassinada com 21 tiros em Piratininga, em Niterói, na região metropolitana do Rio de Janeiro, no fim da noite do dia 11 de agosto de 2011.

Três policiais militares são considerados suspeitos pela DH (Divisão de Homicídio) e tiveram a prisão decretada. Todos negaram participação no crime.

A juíza era conhecida por sua atuação rigorosa e tinha um histórico de julgar vários casos contra policiais com desvio de conduta e fazia parte de uma lista com 12 nomes de pessoas supostamente marcadas para morrer, que foi apreendida com um integrante de um grupo de extermínio que atua em São Gonçalo.

Confira abaixo o desenrolar das investigações da Polícia Civil.

 
Veja Relacionados:  PM, DH, homicídios, juíza, Patrícia, Acioli
PM  DH  homicídios  juíza  Patrícia  Acioli 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!
RSS