R7 - Rio de Janeiro

Rio de Janeiro

21 de Dezembro de 2014

Notícias

Caxias: 300 famílias devem receber R$ 5.000 e aluguel social

Famílias atingidas pelas chuvas também terão direito ao aluguel social

Felipe de Oliveira | 04/01/2013 às 16h31 | Atualizado em: 04/01/2013 às 17h19
Publicidade

O prefeito de Duque de Caxias, Alexandre Cardoso, informou nesta sexta-feira (4), após se reunir com o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, e com o governador do Rio, Sérgio Cabral, que vítimas das chuvas no distrito de Xerém devem receber R$ 5.000 como ajuda para reestruturar suas casas. Cardoso estimou que entre 200 e 300 famílias recebam o benefício.

Em Caxias, uma pessoa morreu e outra está desaparecida. A cidade tem mil desalojados e 270 desabrigados em seis abrigos.

O prefeito também disse que cerca de 300 famílias desalojadas receberão o aluguel social. A partir de segunda-feira, a prefeitura deve definir os critérios para distribuição dos benefícios. Cardoso explicou que as ações foram divididas em duas etapas.

— Ficou decidido que a recuperação de 10 km de estradas, pontes e avenidas vai ficar sob responsabilidade do governo federal. Em outra parte, o secretário Carlos Minc vai realizar um programa de recuperação das margens e rios. Além disso, cerca de 300 famílias desalojadas vão receber o aluguel social.

Alexandre Cardoso também anunciou que, em toda área da tragédia, haverá isenção de IPVA e ICMS.

Segundo o secretário de Assistência Social do Rio, Zaqueu Teixeira, será feita uma análise e as famílias desabrigadas que perderam móveis e eletrodomésticos vão receber ajuda.

— Eles vão receber ajuda de R$ 5.000. Com esse valor, vão poder comprar geladeiras, camas e os eletrodomésticos básicos para reconstruir a vida. Mas todo esse processo será gerenciado pelo Estado.

Para evitar novos desastres, o acordo entre o governo estadual e a prefeitura prevê a retirada de cerca de 250 pessoas de áreas de risco. Cabral e Bezerra visitaram a área devastada pelas chuvas em Xerém.

Lixo em Caxias

Uma força-tarefa promete limpar a cidade em até dois dias. A informação foi dada logo após uma reunião com o secretariado em que foram acertadas medidas emergenciais para recuperar a cidade em cinco dias.

— Criamos um planejamento em etapas para realizar toda a limpeza. Primeiro, vamos tirar os maiores volumes, como sofás e camas. Depois vamos tirar a lama, e depois o lixo.

Outra medida anunciada pelo prefeito foi a recuperação da ponte que fica na localidade de Café Torrado, em Xerém. A estrutura foi destruída durante o temporal. A prefeitura estima que, até terça-feira (8), a passagem esteja liberada para a circulação de pedestres e de um carro por vez.

 Assista aos vídeos:

Veja Relacionados:  chuvas, famílias, aluguel social
chuvas  famílias  aluguel social 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!
RSS