R7 - Rio de Janeiro

Rio de Janeiro

25 de Outubro de 2014

Notícias

Corpo do adolescente morto em acidente em
parque de diversões será enterrado nesta quarta-feira

Vitor foi a segunda vítima do acidente do Glória Center Parque

Do R7 | 17/08/2011 às 06h00
Publicidade

O corpo do adolescente Vitor Alcântara de Oliveira, de 16 anos, morto durante o acidente no Glória Center Parque de Diversões no último domingo (14), será sepultado às 16h desta quarta-feira (17) no cemitério São Francisco Xavier, no Caju, zona norte do Rio de Janeiro. Vitor foi a segunda vítima fatal do acidente, que deixou outras duas pessoas feridas. Uma delas permanece em estado grave.

O adolescente morreu na tarde de terça-feira (16). Ele estava internado no Hospital Miguel Couto desde o domingo, quando foi atingido por um carrinho que se soltou de um brinquedo em um parque de diversão em Vargem Grande, na zona oeste do Rio de Janeiro.

A primeira vítima do acidente foi Alessandra Aguilera, de 17 anos, que morreu na hora.

No total, o Glória Center Parque de Diversões já provocou quatro mortes. Em entrevista exclusiva à Rede Record, a família do jovem Diogo Melo de Paiva, de 23 anos, conta que o rapaz morreu em junho passado, quando operava um brinquedo em Paty do Alferes, na região sul fluminense.

O adolescente Robson Costa, de 14 anos, também teria morrido por conta das péssimas condições dos brinquedos do parque, que estava de passagem pelo bairro da Abolição, na zona norte do Rio. A informação é da delegada, Alessandra e Diogo. Segundo ela, há também outras ocorrências com feridos em São João de Meriti, na Baixada Fluminense.

Feridos

A menina Francine Santana, de 20 anos, uma das vítimas do acidente no parque de diversões foi operada nesta terça-feira (16) para corrigir uma fratura na mandíbula. Ela está internada no Hospital Miguel Couto, no Leblon, na zona sul da cidade. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, o estado de saúde dela é estável e ainda não tem previsão de receber alta.

De acordo com a secretaria, Daiane Mesquita, de 17 anos, permanece internada no CTI (Centro de Tratamento Intensivo) do mesmo hospital em estado grave.

O acidente

Os adolescentes foram atingidos por um carrinho que soltou de um brinquedo. Na segunda-feira (15), o operador do brinquedo admitiu superlotar os carrinhos do equipamento. O parque foi interditado pelo Corpo de Bombeiros na tarde de segunda.

De acordo com a delegada, esse não é o primeiro caso de morte no parque. Quando ele estava na Abolição, zona norte do Rio, também ocorreu uma morte. Segundo ela, o adolescente Robson Costa, de 14 anos, teria morrido por conta das péssimas condições dos brinquedos. Além desse caso, há ainda contra o parque outras ocorrências com feridos em São João de Meriti, na Baixada Fluminense.

O R7 procurou o filho dela que informou que não se manifestará no momento. A reportagem não conseguiu contato com a defesa da dona do Glória Center Parque de Diversões.

Interdição

A notificação de interdição do parque foi entregue a um funcionário, já que a dona não estava no local. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o parque tinha autorização para funcionar com capacidade máxima de 200 pessoas. No entanto, segundo Cláudio Magno, que testemunhou o acidente, havia bem mais de 200 pessoas no momento da tragédia e os brinquedos estavam superlotados.

O carrinho de um brinquedo chamado Tufão se soltou do restante da estrutura e atingiu algumas pessoas que aguardavam em uma fila próxima. O parque estava na estrada dos Bandeirantes, altura do número 28.000.

 
topo parque
Fonte: Arquivo AE/08.01.2001

Associação cria normas para regular parques de diversão

Veja algumas das medidas sugeridas pela Adibra (Associação das Empresas de Parques de Diversão do Brasil)

Funcionários

- Receber treinamento e informação sobre trabalhos de operação e procedimento seguro para orientar os usuários;
- Checar se a montagem do equipamento de diversão está correta, usando um livro de registro;
- Instalar sistemas de travamento para evitar ativações sem que haja monitoramento;
- Realizar testes sem que o público esteja presente e simular situações de emergência;
- Verificar se o usuário está posicionado com firmeza e usando o cinto de segurança.

Equipamentos

- Cada equipamento de diversão deve ser inspecionado diariamente, para verificar freios, sistemas de comunicação com usuários, entre outros;
- A verificação deve ser feita por um responsável técnico;
- Deve haver uma anotação das verificações diárias em um livro de registros e elas devem ser mantidas por, pelo menos, cinco anos;
- Brinquedos infantis como os que são colocadas moedas devem ser verificados no que diz respeito a danos e se são seguros ao público;
- Não devem ser operados em condições de tempo que possam afetar a estabilidade dos brinquedos.

Cuidados especiais

- Cada equipamento de diversão deve ter informações sobre:

1) Altura e peso máximo/mínimo permitido;
2) Proibição de objetos pontiagudos, ou grandes nos brinquedos;
3) Posição ideal do usuário;
4) Proibição da entrada de pessoas sob influência de álcool ou droga

- Extintores devem estar disponíveis de acordo com a legislação vigente;
- Em equipamentos de ambiente escuro, devem existir saídas de emergência sempre desobstruídas, sinalizadas e com boa iluminação para o escape.

 


 
Veja Relacionados:  Vitor, corpo, enterro, parque, Glória Center
Vitor  corpo  enterro  parque  Glória Center 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!
RSS