R7 - Rio de Janeiro

Rio de Janeiro

22 de Agosto de 2014

Notícias

Corredores de ônibus rendem mais de mil
multas por dia para motoristas no Rio

Infrações são flagradas por 36 radares na avenida Brasil e na BRS de Copacabana

Monique Cardone, do R7 | 29/08/2011 às 05h30 | Atualizado em: 31/08/2011 às 18h51
Publicidade

Com ruas e avenidas cada vez mais congestionadas, as faixas seletivas têm como objetivo desafogar o trânsito no Rio. Para isso, foram criados os corredores exclusivos para ônibus e táxis. Porém, a tentação de invadir as faixas seletivas é tanta que rende cerca de 900 multas por dia na avenida Brasil e, em média, 150 na BRS (Bus Rapid System) de Copacabana, na zona sul da cidade. Os motoristas de carros e motos que não respeitam a fiscalização são flagrados pelos 36 radares ao longo das vias (veja infografias abaixo).

O BRS foi inaugurado na avenida Nossa Senhora de Copacabana, na zona sul do Rio, no dia 19 de fevereiro deste ano. Em abril, o sistema foi implantado na rua Barata Ribeiro e Raul Pompeia, no mesmo bairro. Já o de Leblon/Ipanema começou a funcionar no sábado, 20 de agosto. Segundo a Secretaria Municipal de Transportes, a fiscalização eletrônica começará a partir do dia 5 de setembro.

Com esse sistema, os ônibus e táxis, com passageiros, devem trafegar na faixa da direita, demarcada por uma linha azul no asfalto. Os demais veículos devem transitar pelas faixas da esquerda. Quem não respeita as regras do BRS recebe multa de R$ 53,20.

Além de melhorar o fluxo de veículos em Copacabana, houve redução de 25% de ônibus que passam por estas vias, assim como na quantidade de paradas. Na Nossa Senhora de Copacabana, diminuiu de 26 para 18 pontos. A fisioterapeuta Cristiane Ferreira diz que os corredores ajudam a diminuir os engarrafamentos.

- Os motoristas de ônibus não respeitavam nada e o tráfego ficava muito tumultuado. Agora está melhor e mais rápido.

Em compensação, a redução da frota de coletivos, com a inauguração da faixa, trouxe outras questões à tona, como o desconforto nas viagens e a questão das tarifas. De acordo com o engenheiro de trânsito Fernando Mac Dowell, a medida deveria refletir no valor da passagem de ônibus.

- As empresas racionaram o sistema operacional, diminuíram o número de ônibus, mas continuam transportando o mesmo número de passageiros. Ou seja, o custo está menor, mas a tarifa não diminuiu. Sem contar a superlotação dos coletivos, tem ônibus que trafega pela BRS com gente imprensada na porta.

Juliana Almeida sofre com este problema diariamente. A estudante pega o ônibus na Gávea com destino a Botafogo, na zona sul, e passa pela BRS de Copacabana.

- Realmente ficou mais rápido. Antes demorava quase uma hora só em Copacabana, no horário de pico, por volta de 18h, hoje demoro de 20 a 30 minutos. Mas fica insuportavelmente lotado, vou esmagada mesmo. Os cariocas não têm uma opção perfeita: ou chegamos rápido passando por sufoco ou demoramos mais tempo para chegar em casa. Não tem jeito.

Avenida Brasil

Na avenida Brasil, considerada a maior em extensão do país e o maior trecho urbano da BR-101, a faixa seletiva começou a ser implantada em 1980, mas as multas só começaram a valer em 2003. O limite de velocidade na seletiva é de 80 km/h e a fiscalização acontece 24 horas, todos os dias da semana.

A CET-Rio informou que 650 veículos são multados por dia por invasão da faixa  exclusiva, mas as infrações chegam a aproximadamente 900, pois o mesmo veículo é penalizado mais de uma vez quando invade a seletiva em diversos pontos da via.

De acordo com Mac Dowell, o corredor está ocioso, já que a avenida é um dos principais acessos ao Rio e apresenta pontos de engarrafamento todos os dias.

- Esse projeto foi espetacular durante um bom tempo. Hoje já não é mais, pois prejudica muito o trânsito. No passado, a avenida não tinha nada que fizesse gerar viagens com paradas, mas hoje tem faculdade, conjuntos habitacionais, comércios. Logo, os ônibus não vão pela seletiva, que fica na esquerda, já que precisam deixar os passageiros nos pontos, à direita.

O professor diz entender que é por isso que os motoristas ficam revoltados e invadem a seletiva, que fica praticamente vazia.

infraçõestrânsito


Veja Relacionados:  corredor, ônibus, BRS, avenida brasil, multa
corredor  ônibus  BRS  avenida brasil  multa 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!
RSS