R7 - Rio de Janeiro

Rio de Janeiro

27 de Maio de 2016

Notícias

Desabamento no Rio
Cobertura completa

Crea investiga se obras em prédios eram
legalizadas; último registro é de 2008

Bombeiros procuram vítimas após desabamento de três edifícios na Cinelândia

Monique Cardone, do R7 | 26/01/2012 às 08h18
Publicidade

O presidente da Comissão de Análise e Prevenção de Acidentes do Crea (Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia), Luiz Antonio Cosenza, disse no início da manhã desta quinta-feira (26) que o último registro de obras nos prédios que desabaram no centro do Rio de Janeiro é de 2008. Com isso, segundo ele, a suspeita é de que as duas obras que ocorriam em um dos três edifícios (no terceiro andar e no nono andar) não estivessem legalizadas. O órgão se comprometeu a investigar.

Fotos mostram dimensão da tragédia

- Nossos registros dão conta de que as últimas obras legalizadas foram em 2008. Agora teremos que investigar se elas não foram comunicadas ao órgão ou se, por algum motivo, o registro não aparece no sistema. De qualquer forma, em uma primeira avaliação, aparentemente, a tragédia não foi causada por problema de manutenção.

Cosenza disse ainda que vai "procurar os responsáveis para saber de que tipo eram as obras".

- Se foram obras estruturais, podem ter ou não influência no desabamento.

Para o engenheiro, o desmoronamento foi uma surpresa, pois, apesar de antigos, os prédios da região têm uma estrutura mais sólida do que as construções mais modernas.

Entenda o caso

Três prédios de aproximadamente 18, 10 e 4 andares desabaram pouco depois das 20h de quarta-feira (25), na avenida Treze de Maio, região da Cinelândia, centro do Rio de Janeiro. Houve pânico e correria. Momentos depois, cinco pessoas foram resgatadas dos escombros e tiveram ferimentos leves. Bombeiros continuam as buscas por desaparecidos. Um posto de informações para familiares de eventuais vítimas funciona na Câmara dos Vereadores.

As causas da tragédia estão sendo investigadas. O prefeito Eduardo Paes, assim como alguns especialistas, minimizou a possibilidade de explosão. De acordo com avaliações preliminares de técnicos que trabalham no local, as causas teriam ligação com problemas estruturais.

Desde as 6h desta quinta-feira estão interditados os seguintes trechos: avenida Treze de Maio, avenida Almirante Barroso entre avenida Rio Branco e a rua Senador Dantas. Esta está com mão invertida entre a avenida Almirante Barroso e a rua Evaristo da Veiga. Veículos procedentes da Cruz Vermelha e da avenida República do Chile devem seguir pela Senador Dantas. A prefeitura pede que a população evite o local para facilitar a atuação das equipes.

mapa-ruas-interditadas


 
Veja Relacionados:  Crea, investiga, obras, prédios, legalizadas; último, registro, 2008
Crea  investiga  obras  prédios  legalizadas; último  registro  2008 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!
RSS