R7 - Rio de Janeiro

Rio de Janeiro

21 de Setembro de 2014

Notícias

Crise externa não afeta rede hoteleira do Rio, que
tem quase 90% de ocupação às vésperas do verão

Copacabana é o bairro mais caro para se hospedar; centro é o mais barato

Monique Cardone, do R7 | 11/12/2011 às 06h00

Publicidade

A poucos dias do verão, a rede hoteleira do Rio de Janeiro está com 87% de ocupação. Segundo o superintendente do SindRio (Sindicato de Hotéis Bares e Restaurantes do Rio de Janeiro), Darcilio Junqueira, os bairros da zona sul são os preferidos de quem se hospeda na Cidade Maravilhosa.

Veja fotos dos hotéis mais luxuosos do Rio

- A média de ocupação no verão em Copacabana e Leme é de 94%; em Ipanema e Leblon, 85%. Esses bairros já têm um apelo muito forte do Réveillon, que ajuda bastante. Para a data, Copacabana e Leme estavam com 94% de ocupação no início de dezembro. A expectativa para a data da virada é de 98%.

Copacabana é o bairro mais caro para se hospedar. Além do famoso Copacabana Palace, o tradicional francês Sofitel oferece a melhor vista de toda a orla do bairro. Para o pacote de quatro noites no período do Réveillon, a suíte imperial (a mais luxuosa) sai por R$ 36.300. Segundo o gerente do hotel, Alban Dutemple, os diferenciais do estabelecimento são a gastronomia e a qualidade de produtos importados exclusivos e personalizados.

- No Réveillon, nossa expectativa é de ocupação total, como foi ano passado. Nesta época, 90% dos clientes são brasileiros, a maioria é de Minas Gerais, seguido de São Paulo. Já no Carnaval, 90% são estrangeiros. São duas festas com preparação parecida, pacotes semelhantes e públicos diferentes.

Logo atrás de Copacabana, vem o Leblon, que também se destaca pelos altos preços de estadia. No sofisticado hotel Marina All Suítes, o único da orla, o conceito é de design e modernidade para atrair o público. De acordo com Tatiana Costa, gerente de vendas, 85% das acomodação já estão fechadas para o Réveillon. 

- Nossa expectativa é de 100% [de ocupação]. Tem muita gente que deixa para cima da hora. De presente, os clientes vão ganhar champagne com proteção personalizada do hotel. Essa crise anunciada no exterior não está afetando a gente. Para janeiro, já estamos lotados.

Já na Barra da Tijuca, na zona oeste, o superintendente do SindRio informou que a média de ocupação é de 80%. O hotel Windsor Barra oferece pacotes de hospedagem de três noites a partir de R$ 3.300 para o casal. O gerente geral, Marcos Bezerra, afirmou que 55% das vagas já estão reservadas para as datas comemorativas do fim do ano.

- O hotel possui 50% das acomodações reservadas para dezembro. Só no Natal e no Réveillon, 55% das vagas já estão reservadas. Esperamos chegar a 65% este ano.

O bairro mais barato para os hóspedes, por ficar longe da praia e dos principais cartões postais, é o centro da cidade. A média de ocupação no verão é de 60%. No hotel Íbis, o pacote de três diárias para o Réveillon sai por R$ 299 a diária. Fora do pacote de festas, a tarifa é de R$ 219 no verão.

Albergues

Muitos turistas acostumados com tarifas baratas em albergues estão encontrando preços altos em hostels para o Réveillon. No Copinha Hostel, em Copacabana, a diária para dormitório com seis leitos custa R$ 40. Já para a data comemorativa, o preço saltou para R$ 190. No Rio Rockers, no mesmo bairro, o pacote do albergue para quatro noites em quarto com seis leitos sai por R$ 750 para os dias de festa.

Já no hostel Leblon spot, os turistas precisam desembolsar um valor mais alto para as cinco noites nos últimos dias do ano. O quarto coletivo com dez camas custa R$ 825 por pessoa; o de seis camas sai por R$ 975, e o de quatro camas, R$ 1.125.

Em Santa Teresa, na região central, o valor do Rio Hostel é mais em conta. Para o mínimo de quatro noites no dormitório de oito leitos, o valor é de R$ 400 por pessoa; no dormitório com cinco leitos, R$ 420; dormitório seis leitos com banheiro privativo e ar-condicionado, R$ 450.


 
Veja Relacionados:  verão, albergue, ocupação, hotel
verão  albergue  ocupação  hotel 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!
RSS