R7 - Rio de Janeiro

Rio de Janeiro

27 de Novembro de 2014

Notícias

Governo do Estado vai construir duas novas cadeias públicas no Rio

Unidades em Bangu e Magé vão atender jovens, adultos e mulheres

Do R7 | 08/01/2013 às 12h07
Publicidade

O Governo do Estado do Rio de Janeiro anunciou na manhã desta terça-feira (8) que vai construir duas novas cadeias públicas. As unidades vão atender jovens adultos, no complexo de Gericinó, e mulheres, na Colônia Agrícola de Magé. O Departamento Penitenciário Nacional, do Ministério da Justiça, já aprovou os projetos do grupo executivo do programa Delegacia Legal, vinculado à Secretaria de Obras. A conclusão está prevista para o primeiro trimestre de 2014.
 
A construção da cadeia para jovens adultos vai atender a demanda de detentos entre 18 e 24 anos. A unidade poderá receber até 504 presos, distribuídos em 84 celas coletivas, além de 30 individuais.
 
Já a cadeia feminina terá 690 vagas, distribuídas em 87 celas coletivas, além de 24 de isolamento. A área total  construída será de 7 mil m2.
 
Desde o início do programa Delegacia Legal foram construídas 14 cadeias públicas em todo o estado: Rio de Janeiro, Magé  Campos, Itaperuna, Volta Redonda e Japeri. Em agosto de 2010, foram inauguradas duas cadeias no Complexo de Gericinó: Bandeira Stampa e José Ferreira Marques. Em junho de 2012, foi a vez da Cadeia Pública Hélio Gomes, no Complexo Penitenciário de Magé.
 
Além disso, estão em fase final as obras de duas cadeias em São Gonçalo, com investimento total de 50,1 milhões. Cada unidade terá capacidade para 597 detentos. As duas têm previsão de conclusão para o primeiro trimestre deste ano.


 
Veja Relacionados:  governo, estado, cadeias, rio
governo  estado  cadeias  rio 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!
RSS