R7 - Rio de Janeiro

Rio de Janeiro

27 de Maio de 2016

Notícias

Governo do Rio vai investigar
enriquecimento ilícito de PMs

Secretário de Segurança pediu para ter acesso à declaração de bens de agentes

Sérgio Vieira, do R7 | 29/09/2011 às 19h00
Publicidade

O secretário de Segurança Pública do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame, afirmou que o órgão vai investigar se policiais estão enriquecendo ilicitamente dentro da Polícia Militar. Nesta quinta-feira (29), Beltrame anunciou o nome do novo comandante da PM: coronel Erir Ribeiro Costa Filho.

Conheça os novos ocupantes da cúpula da PM

A Procuradoria Geral do Estado recebeu uma proposta de Beltrame em que pede permissão para requisitar dos policiais documentos que comprovem a renda, como declaração de bens, para evitar e coibir incompatibilidade de patrimônio dos agentes assim que sinais exteriores de riqueza forem percebidos. As medidas vão abranger policiais militares e civis.   

Beltrame nomeou Costa Filho depois do pedido de demissão do cargo do então comandante da PM Mário Sérgio Duarte. Ele explicou ao secretário, por meio de uma carta, que o motivo pelo pedido de exoneração do cargo é “não deixar espaço para dúvidas quanto à responsabilidade no processo de escolha dos Comandantes, Chefes e Diretores da Corporação”. Duarte nomeou para o comando do 7º batalhão, em São Gonçalo, o tenente-coronel Cláudio Luiz de Oliveira, preso sob suspeita de mandar matar a juíza Patrícia Acioli

Questionado sobre os últimos acontecimentos – até esta quinta-feira são ao menos dez policiais militares presos sob suspeita de envolvimento na morte da juíza e mais um com prisão decretada -, Beltrame fez um desabafo dizendo que “nada mais na polícia me surpreende”.

- Eu estou sem dormir desde domingo. Desde que assumi nada mais me surpreende neste trabalho e sei do tamanho da minha missão. Não estou aqui de passagem, mas também não estou de passeio. Se quisesse, eu poderia esconder a cabeça embaixo da mesa, mas vocês sabem que este não é o meu perfil. Temos problemas, há perdas e ganhos que fazem parte do trabalho. A vida segue pois há muito que ser feito.

Beltrame fez questão de reiterar que nada desestabiliza a PM e tampouco a política de segurança em projeto para o Estado do Rio.

- Nós temos uma proposta para o Estado do Rio de Janeiro e nada vai desestabilizar a corporação. A polícia do Rio está levantando, investigando e prendendo. A instituição demonstra sua legitimidade na capacidade que tem de cortar a própria carne. Mas, temos de levantar e avançar junto com a sociedade.


Veja Relacionados:  governo do rio, enriquecimento ilícito, beltrame
governo do rio  enriquecimento ilícito  beltrame 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!
RSS