R7 - Rio de Janeiro

Rio de Janeiro

31 de Outubro de 2014

Notícias

Homem compra barco para fugir do trânsito entre Rio e Niterói

Enquanto a ponte Rio-Niterói vive engarrafada, o percurso pela baía dura só 10 minutos

Do R7 | 13/11/2012 às 02h00
Publicidade

Parado no engarrafamento no alto da ponte Rio-Niterói, Pedro Mascarenhas olhou a baía de Guanabara e teve uma ideia para chegar mais rápido ao trabalho em Botafogo, na zona sul do Rio. O administrador comprou um barquinho a motor e, desde então, não gasta mais do que 10 minutos para se deslocar entre as cidades vizinhas.

A reportagem da Record foi dar um passeio no bote de Mascarenhas e resolveu fazer um teste para medir a eficiência do veículo. Um carro da emissora saiu de Niterói ao mesmo tempo em que o barquinho, ambos em direção ao Rio de Janeiro. O resultado confirmou o que se previa: enquanto o bote atracava do outro lado da baía, o motorista do automóvel sequer havia entrado na ponte.

Mascarenhas precisou passar por algumas etapas antes usufruir do conforto. A Marinha exige carteira de habilitação para guiar este tipo de barco. Além disso, ele teve que conseguir uma autorização especial para realizar o trajeto na baía de Guanabara. Sem sentir saudades, o administrador lembra do tempo em que aguardava na fila para entrar nas barcas.

— Não dava mais para ficar na fila ou no engarrafamento. Eu tinha que arranjar um jeito para andar mais rápido. Algumas pessoas pegam carona comigo. Elas não são acostumadas com o balanço, mas preferem isso a ir de carro.

Assista ao vídeo:


 
Veja Relacionados:  r7 rio, trânsito, rio, niterói, ponte
r7 rio  trânsito  rio  niterói  ponte 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!
RSS