R7 - Rio de Janeiro

Rio de Janeiro

21 de Agosto de 2014

Notícias

Jovem morre após ser espancado pelo pai cadeirante na zona oeste do Rio

Menino ficou internado três meses, mas morreu dois dias após completar 14 anos

Do R7, com Rede Record | 13/12/2012 às 08h41
Publicidade

Um deficiente físico é suspeito de espancar o próprio filho com um pedaço de pau , em Paciência, na zona oeste do Rio. O menino de 13 anos ficou internado durante três meses no CTI (centro de tratamento intensivo), mas não resistiu aos ferimentos.

A mãe do menino teria deixado ele e a outra filha mais nova com o suspeito para fazer um retiro religioso. Quando ela voltou, encontrou o filho hospitalizado, com traumatismo craniano. O jovem teria sido espancado porque teria pego R$ 100 sem avisar ao pai.

Segundo a mãe dele, Alessandra Avelino Ramos, o menino precisou passar por cinco cirurgias , mas morreu dois dias após completar 14 anos.

— Meu filho era muito agarrado comigo. Gostava de sentar no meu colo, de deitar. Eu brincava dizendo “Nossa, você é enorme. Eu é que tenho que sentar no seu colo”. Ele era muito carinhoso e falava o tempo todo que me amava.

Testemunhas disseram à mãe que o menino foi espancado pelo próprio pai com a ajuda de um amigo dele. Segundo Alessandra, enquanto o jovem era espancado, o pai brigava com ele por ter pego dinheiro sem permissão.

— Enquanto ele batia no meu filho, ele gritava: “Você não tem que mexer no dinheiro sem me avisar. Você não tem que pegar nada sem me avisar!”.

O caso foi encaminhado para a Delegacia de Santa Cruz (36ª DP), na zona oeste , onde foi registrado com lesão corporal. O pai do menino negou o crime.

Assista ao vídeo:


 
Veja Relacionados:  Jovem, morre, espancado, pai, cadeirante, zona, oeste, Rio
Jovem  morre  espancado  pai  cadeirante  zona  oeste  Rio 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!
RSS