R7 - Rio de Janeiro

Rio de Janeiro

24 de Outubro de 2014

Notícias

Moradores da Providência reclamam de desapropriações
para construção de teleférico na favela

Cerca de 700 famílias terão que deixar suas casas

Do R7 | 02/02/2012 às 16h52
Publicidade

Moradores da Providência, na região portuária do Rio, que terão suas casas desapropriadas para a construção de um teleférico e um plano inclinado estão insatisfeitos com as indenizações propostas pela Prefeitura do Rio. Cerca de 700 casas terão que ser demolidas para as obras, que fazem parte do projeto de revitalização da região do Porto do Rio.

Insatisfeitos com as remoções, alguns moradores recorreram à Justiça e conseguiram o embargo das demolições. A dona de casa Roberta Martins Rodrigues acha que as indenizações oferecidas pela Prefeitura do Rio está bem abaixo do valor de mercado.

- Uma casa de sala quarto e cozinha eles querem dar R$ 6 mil. Onde vou conseguir comprar uma casa com isso?

A primeira estação ficaria na Gamboa, enquanto a segunda será construída ao lado da Central do Brasil. 

As casas que terão que vir abaixo foram marcadas pela secretaria e as demolições foram retomadas há duas semanas, deixando apreensivos moradores como o aposentado Luis dos Santos. 

- Eu não vou a lugar nenhum. Se sair, só saio daqui numa boa. Não vou sair para ficar na rua.

"E os pobres?"

O secretário Municipal de Habitação, Jorge Bittar, afirma que, além do plano inclinado, as obras incluem melhorias na rede de água e esgoto, na iluminação pública e preveem ainda a abertura de ruas. Ele ressaltou que o acesso à comunidade é feito hoje por meio de uma escadaria de 175 degraus.

A moradora Eliete Leite questiona:

- Vai ficar bonito para os turistas. Mas e os pobres?

Outro morador que não quis se identificar diz que funcionarios da Secretaria Municipal de Habitação ordenam a retirada sem apresentar nenhum documento.

- É um terror psicológico. Ou sai com acordo ou procura a Justiça.

O secretário Jorge Bittar nega as acusações.

- Não há atropelo. Se eventualmente algum morador quiser recorrer, eles têm esse direito.

As primeiras famílias que chegaram ao morro da Providência foram colocadas lá pelo próprio governo em 1897, quando soldados das tropas federais que lutaram na Guerra de Canudos foram morar lá. Cerca de 6.000 moradores vivem na comunidade, que é considerada a primeira favela do Rio.

Assista ao vídeo:

 


 
Veja Relacionados:  providência, desapropriações, teleférico
providência  desapropriações  teleférico 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!
RSS