R7 - Rio de Janeiro

Rio de Janeiro

1 de Outubro de 2014

Notícias

Mulher morre após cirurgia
para retirada de cisto de 15 kg

Família não conseguiu operação na rede pública

Do R7, com Rede Record | 03/02/2012 às 16h32
Publicidade

Uma mulher morreu após ser submetida a uma cirurgia de retirada de um enorme cisto na barriga em uma clínica particular de São Gonçalo, na região metropolitana do Rio.

Pâmela Lopes Fonseca, de 28 anos, faleceu 20 dias após a operação. A família tentou sem sucesso uma vaga na rede pública para que ela pudesse ser operada pelo SUS (Sistema Único de Saúde).

Segundo o marido da professora, Ivanildo da Silva, o caso não foi considerado uma emergência e, por isso, ela não pode ser operada na rede pública.

- Eles diziam que não era emergência e só aplicavam injeção de morfina na veia e mandavam ela embora. 

Pâmela chegou a pensar que estava grávida até um exame de ultrassonografia revelar o cisto, que pesava 15 kg e tinha 43 cm de diâmetro.

O médico Osvaldo da Silva, cirurgião que fez a operação, disse que a paciente deu entrada no hospital com fortes dores na perna esquerda, um sinal de trombose.

- Toda pessoa operada pode ter trombose venosa pelo tempo de imobilidade. E ela tinha um agravante, pois pesava 138 Kg. Em menos de 48 horas ela desenvolveu uma possível embolia cerebral e veio a falecer.

Assista ao vídeo:



 
Veja Relacionados:  cisto, 15kg, Itaboraí
cisto  15kg  Itaboraí 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!
RSS