R7 - Rio de Janeiro

Rio de Janeiro

20 de Setembro de 2014

Notícias

Namorada do traficante Matemático deixa
delegacia após ser baleada em operação policial

Segundo a polícia, ela foi liberada depois de prestar esclarecimentos na Delegacia de Bangu

Do R7 | 02/04/2012 às 06h55
Publicidade

A mulher, de 19 anos, apontada pela polícia como namorada do traficante Márcio José Sabino Pereira, o Matemático, foi liberada no final da noite de domingo (1º) após prestar esclarecimentos na Delegacia de Bangu (34ª DP). A informação foi confirmada pela polícia na manhã desta segunda-feira (2). Natália Rodrigues Marques foi baleada de raspão na perna esquerda durante uma operação da Polícia Militar na favela da Coreia, Senador Camará, na zona oeste.

Você acha que a polícia está mais perto de prender Matemático?

Segundo informações do Batalhão de Bangu (14º BPM), ela estava dentro de uma casa com o criminoso quando policiais civis da Core (Coordenadoria de Recursos Especiais) trocaram tiros com os seguranças do traficante.

Os agentes, que estavam no helicóptero da Core, desceram de rapel para tentar capturar o chefão do tráfico do complexo de Senador Camará. Uma equipe da Polícia Federal e um veículo blindado também participaram da ação que começou na madrugada deste domingo.

Além de deixar a namorada ferida para trás, Matemático e os comparsas abandonaram uma mochila com uma pistola, carregadores para fuzis e munições.

Antes de ser levada para a 34ª DP, Natália foi atendida no Hospital Estadual Albert Schweitzer, em Realengo, também na zona oeste.

Em depoimento, ela afirmou que passou o fim de semana com o criminoso e negou ter envolvimento com o tráfico de drogas.

Segundo a Polícia Civil, ela foi indiciada por associação para o tráfico de drogas, mas não ficará presa.

Na sexta-feira, um dos homens de confiança de Matemático foi preso durante uma operação do 14º BPM na Coreia e na Vila Aliança. Outros dois suspeitos também foram presos.

A polícia também prendeu um dos seguranças do traficante no mês passado. Conhecido como "Sabadão", o suspeito foi preso em outra operação no Complexo da Coreia.

Matemático comanda tráfico na zona oeste

Longe das UPPs, as favelas de Senador Camará e Vila Aliança, em Bangu, vivem sob o domínio do traficante Matemático, de 36 anos, o criminoso mais procurado pela polícia do Rio. O Disque-Denúncia oferece recompensa de R$ 3.000 para quem fornecer informações sobre o paradeiro do criminoso.

Para conquistar as favelas controladas pela facção rival, Matemático, segundo a polícia, comanda um grupo de traficantes que espalham o terror nas comunidades da zona oeste. Ele está foragido desde 2009, quando saiu da penitenciária em regime semiaberto e nunca mais retornou.

A Secretaria Estadual de Segurança Pública já informou que planeja pacificar as favelas de Bangu e Senador Camará. No entanto, a secretaria ainda não divulgou a data que as comunidades receberão uma UPP (Unidade de Polícia Pacificadora).


 
Veja Relacionados:  matemático
matemático 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!
RSS