R7 - Rio de Janeiro

Rio de Janeiro

24 de Abril de 2014

Notícias

No 1º dia da "nova" Lei Seca, mais de 150 motoristas são reprovados no teste do bafômetro no Rio

Dois motoristas foram detidos por se recusar a fazer o teste, apesar da embriaguez

Do R7 | 22/12/2012 às 19h59
Publicidade

No primeiro dia das regras mais rígidas da Lei Seca, dois motoristas foram detidos neste sábado (22) em blitzes pela capital fluminense. De acordo com governo do Estado, eles se recusaram a fazer o teste do bafômetro e apresentavam sinais de embriaguez.

Após o pagamento de fiança, eles foram liberados e responderão o processo em liberdade. Além da dupla, outros 151 condutores não passaram no bafômetro, tiveram a carteira apreendida e foram multados.

Ao todo, a Operação Lei Seca parou mais de 1.800 motoristas neste sábado. As novas regras que endurecem a repressão aos motoristas bêbados começaram a valer na sexta-feira (21).

A multa para quem que for barrado na Lei Seca aumentou de R$ 957 para R$ 1.915. Caso o motorista seja reincidente no prazo de um ano, o valor será duplicado, chegando a R$ 3.830,60, além de suspensão do direito de dirigir por 12 meses.

Além disso, a polícia poderá usar testemunhos, exames clínicos e até vídeos para que o condutor responda criminalmente, mesmo que ele não sopre no bafômetro. A presidente Dilma Rousseff (PT) sancionou a nova lei na quinta-feira (20).

Desde que a Operação Lei Seca foi implantada há quatro anos no Rio, 81 mil motoristas tiveram a carteira de habilitação apreendida por dirigir sob o efeito de bebidas alcoólicas.


 
Veja Relacionados:  novas, regras, lei, seca, rio
novas  regras  lei  seca  rio 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!
RSS