R7 - Rio de Janeiro

Rio de Janeiro

27 de Maio de 2016

Notícias

Pelo menos 47 juízes do Paraná foram
ameaçados no ano passado

Informação é da AMB, que diz ainda que mulheres são mais ameaçadas

Mariana Londres, do R7, em Brasília | 12/08/2011 às 14h13
Publicidade

Pelo menos 47 juízes sofreram ameaças no ano passado, em apenas um Estado brasileiro, o Paraná. A informação é da AMB (Associação dos Magistrados Brasileiros), que está finalizando um levantamento nacional das ameaças. Para a associação, o número do Paraná, apenas uma das 27 unidades da federação, já indica um cenário preocupante da vulnerabilidade dos juízes em todo o país.

Na madrugada desta sexta-feira (12) a juíza Patrícia Acioli, de 47 anos, foi assassinada a tiros em Niterói (RJ). Patrícia era conhecida por sua atuação rigorosa e já havia julgado vários casos de policiais ligados a grupos de extermínio.

De acordo com o presidente da AMB, Nelson Calandra, além do alto número de juízes que sofrem ameaças, preocupa o fato de as juízas serem mais ameaçadas do que seus colegas homens.

- A discriminação de gênero e o fato da magistrada exercer atividade na área criminal se somam. Além da questão da função do juiz, entra também o ódio em função do gênero. Temos observado o número maior de ameaças às mulheres em todo o país. 

Para a AMB, o principal motivo da vulnerabilidade dos juízes é o sistema criminal brasileiro, que permite que um condenado demore muitos anos para começar a cumprir a pena.

-Não é possível que alguém condenado por homicídio demore 11 anos para cumprir a pena o que encoraja pessoas inescrupulosas como estes criminosos que tiraram a vida da nossa colega e amiga Patrícia Acioli.

Calandra acredita que a morte da juíza tenha ocorrido em função da sua atuação no combate aos grupos de extermínio.

- Tudo indica que o assassinato está ligado à atuação dela porque ela trabalhava no combate a grupos de extermínio. Ainda estamos acompanhando as investigações. Pode ser alguém que estivesse sendo julgado por ela, ou que já foi julgado por ela.

A associação criou em dezembro do ano passado uma secretaria de segurança dos magistrados, órgão interno formado por juízes associados da AMB para propor iniciativas para aumentar a segurança dos magistrados.

Veja Relacionados:  juízes, amb, ameaçados
juízes  amb  ameaçados 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!
RSS