R7 - Rio de Janeiro

Rio de Janeiro

29 de Agosto de 2014

Notícias

PM ocupa favelas em São Gonçalo

Polícia faz operação no Complexo da Coruja, morro do Martins, Viana e Galão

Do R7, com Rede Record | 28/01/2011 às 04h55 | Atualizado em: 28/01/2011 às 05h11
Publicidade

Policiais militares do batalhão de São Gonçalo, na região metropolitana do Rio de Janeiro, ocuparam as favelas do Complexo da Coruja, morro do Martins, Viana e Galão, em Neves, na madrugada desta sexta-feira (28).

Segundo a polícia, cerca de dez viaturas foram às comunidades para reprimir o tráfico de drogas.

Um homem foi preso e um menor apreendido, além de grande quantidade de entorpecentes, uma arma e material para endolação. Ainda segundo a PM, durante a ocupação não foram registrados confrontos e ninguém foi preso.

O patrulhamento também está reforçado no morro da Chumbada, também em São Gonçalo, onde a polícia recebeu denúncias de que facções rivais invadiriam a comunidade.

Repressão ao tráfico

No início do mês, a Polícia Militar ocupou os morros da Matriz, São João e Quieto, no Engenho Novo, na zona norte da cidade, para a instalação da 14ª UPP (Unidade de Polícia Pacificadora).

Na última segunda-feira (24), o prédio da Prefeitura do Rio, no Centro, foi atingido por tiros durante confronto entre policiais e traficantes no Complexo de São Carlos, próximo ao local. No dia seguinte, o governador Sérgio Cabral anunciou que a próxima região a ganhar uma UPP será o Complexo de São Carlos.

Fazem parte do Complexo de São Carlos os morros do São Carlos, Mineira, Zinco e Coroa. As comunidades que fazem parte das favelas de Santa Teresa são Fallet, Fogueteiro, Prazeres e Escondidinho.


 
Veja Relacionados:  São Gonçalo, favelas, PM, polícia
São Gonçalo  favelas  PM  polícia 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!
RSS