R7 - Rio de Janeiro

Rio de Janeiro

24 de Abril de 2014

Notícias

PM ocupa por tempo indeterminado favela de Caxias onde chacina deixou 6 mortos

Polícia Civil investiga se disputa entre traficantes da região teria motivado os assassinatos

Do R7 | 26/01/2013 às 11h23

Publicidade

Policiais militares do Batalhão de Duque de Caxias (15º BPM) ocupam por tempo indeterminado a favela Vai Quem Quer, no município da Baixada Fluminense. Na sexta-feira (25), uma chacina deixou seis mortos na comunidade, que é controlada pela maior facção criminosa do Estado.

A Polícia Civil investiga se a disputa de poder entre traficantes teria motivado a chacina. Segundo testemunhas, oito suspeitos em dois carros cercaram um grupo de homens próximo a um bar na rua Jovita Feitosa. Os bandidos teriam ordenado que quatro vítimas deitassem no chão. Em seguida, os criminosos fizeram disparos com fuzil.

De acordo a polícia, dois mortos têm ligação com o tráfico de drogas. Já Moisés Dias Romão, de 51 anos, e Bruno Leonardo Salazar Faustino, de 17, teriam sido vítimas de balas perdidas. Até as 10h deste sábado (26), duas vítimas ainda não haviam sido identificadas.

Além de um possível embate pelo controle do tráfico de drogas no local, o titular da Delegacia de Campos Elíseos (60ª DP), Marcelo Ambrósio, não descarta as hipóteses de acerto de contas entre bandidos e a atuação de grupo de extermínio da região.

— Primeiramente, vamos analisar o perfil das vítimas. Não podemos dizer que todas eram alvos dos criminosos. Testemunhas também serão ouvidas. Só podemos concluir alguma suspeita durante o curso das investigações.

Policiais civis fizeram uma perícia no local na noite de sexta-feira. Os agentes não encontraram armas e nem drogas no carro em que algumas vítimas chegaram ao bar. A família do adolescente de 17 anos diz que o garoto não tinha envolvimento com traficantes. Segundo moradores, o homem de 51 anos chegava em casa durante o tiroteio.

Na manhã deste sábado, amigos e familiares dos corpos identificados acompanhavam a liberação dos corpos no IML (Instituto Médico Legal) de Duque de Caxias. Ainda não há informações sobre enterros.

Chacina da Chatuba

Em setembro do ano passado, seis jovens foram mortos por traficantes da favela da Chatuba, em Mesquita, na Baixada Fluminense, após serem confundidos com criminosos de uma facção rival.

Os rapazes foram sequestrados quando tomavam banho em uma cachoeira no Parque de Gericinó, vizinha à comunidade. Após as sessões de tortura, os corpos das vítimas foram jogados às margens da rodovia Presidente Dutra.

No mesmo fim de semana de terror, um cadete da Polícia Militar, um pastor evangélico e outro jovem de 19 anos foram assassinados pelos criminosos.


Assista ao vídeo:

 


 
Veja Relacionados:  chacina
chacina 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!
RSS