R7 - Rio de Janeiro

Rio de Janeiro

1 de Agosto de 2014

Notícias

Professores de São João de Meriti dizem receber
R$ 60 de salário por causa de descontos

Secretaria municipal nega e diz que não houve cortes esse mês

Do R7 | 09/11/2010 às 15h53
Publicidade

A prefeitura de São João de Meriti, na Baixada Fluminense, descontou pelo segundo mês consecutivo os salários dos profissionais de educação. De acordo com o Sepe (Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação), o motivo foi a greve que terminou no dia 16 de setembro. Segundo eles, alguns professores receberam apenas R$ 60 de salário em novembro.

Segundo a Secretaria Municipal de Administração de São João de Meriti a informação não procede, a secretaria afirma que não houve desconto neste mês. O que foi descontado no mês de outubro é referente a paralisação dos servidores por dois dias em agosto e por outro período em setembro.

A prefeitura informou ainda que não houve greve e sim uma paralisação das aulas. E os profissionais foram descontados porque não foram trabalhar. A paralisação atingiu apenas 3% dos servidores e não prejudicou os alunos.

A assessoria informou que o prefeito Sandro Matos tentou negociar com essa minoria e que eles foram avisados do desconto. Não haverá reposição de salário.

Alguns servidores foram ao Sepe e informaram que sequer têm dinheiro para o transporte e já estão passando necessidades.

Para o Sepe, está ocorrendo uma retaliação ao movimento do sindicato, que entrou com uma ação na justiça pedindo a devolução do dinheiro. No próximo sábado (13), a categoria se reúne em assembleia, às 9h, na Igreja da Matriz.


 
Veja Relacionados:  professores, salário, prefeitura
professores  salário  prefeitura 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!
RSS