R7 - Rio de Janeiro

Rio de Janeiro

27 de Maio de 2016

Notícias

Reunião com Governo do Estado termina
sem novidades para bombeiros do Rio

Classe vai se reunir na próxima sexta-feira para debater o caso

Do R7 | 25/05/2011 às 22h32
Publicidade

A reunião entre representantes do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro e o secretário de Planejamento do Estado, Sérgio Ruy, realizada na tarde desta quarta-feira (25), não resultou em qualquer novidade. A decisão do governo foi mantida e nenhum aumento à classe foi prometido fora do que já estava planejado.

De acordo com o Sargento Valdelei Duarte, a posição do governo é de manter o reajuste de 0,98% ao mês até 2014.

- Isso é um absurdo. Para mim, o aumento vai ser de cerca de R$ 100 por ano. Isso para mim, que sou de uma patente acima, imagina para os soldados que não ganham nem R$ 1.000.

Diante da decisão, os bombeiros resolveram se reunir na próxima sexta-feira (27), às 15h. Uma nova assembleia já está marcada para o dia 3 de junho.

Os bombeiros realizaram durante o mês de maio uma série de manifestações cobrando melhores salários e condições de trabalho. Eles chegaram a entrar em greve. No último dia 17, o major Luís Sérgio, o capitão Alexandre Marchesini, o sargento Valdelei Duarte e o cabo Benevenuto se entregaram no QG (Quartel Central) da corporação, no centro do Rio.

O grupo teve prisão decretada no dia 13 por participar das manifestações. De acordo com Valdelei, todos foram soltos na última sexta-feira (20).

Em entrevista no dia 12 de maio, o governador Sérgio Cabral não se mostrou preocupado com as reivindicações dos bombeiros. Segundo Cabral, o movimento não afetaria o Estado e teria sido incitado e até mesmo financiado por políticos de oposição.


 
Veja Relacionados:  governo, bombeiros, salarios, aumento
governo  bombeiros  salarios  aumento 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!
RSS