R7 - Rio de Janeiro

Rio de Janeiro

27 de Novembro de 2014

Notícias

Suspeito de estuprar seis em 24 horas já havia sido condenado por atacar outras sete mulheres

Homem teria saído da prisão há menos de uma semana

Do R7 | 06/03/2013 às 01h00 | Atualizado em: 05/03/2013 às 13h52
Publicidade

O homem preso por suspeita de estuprar seis mulheres em apenas 24 horas na Baixada Fluminense, segunda-feira (4), já havia sido condenado em 2001, sob acusação de ter atacado sete mulheres. As informações são da Delegacia de Nilópolis (57ª DP).

De acordo com a Polícia Civil, o suspeito cumpriu pena de 12 anos, tendo sido libertado na semana passada, dias antes de fazer novas vítimas.

Na terça-feira (5), dia seguinte à prisão, a polícia informou que o suspeito, em depoimento, reclamou da idade de uma das vítimas recentes, que tem 13 anos. A menina foi abordada quando seguia para a escola, pouco depois das 6h.

Ainda segundo a polícia, o homem obrigou a adolescente a entrar em seu carro, mas desistiu ao descobrir a idade dela. Em seguida, ele atacou uma mulher de 21 anos e a obrigou a fazer sexo oral. A vítima teve a perna ferida pelo facão que o suspeito usava.

Agentes da 57ª DP conseguiram chegar à casa do suspeito depois que a terceira vítima prestou queixa. A residência já era conhecida dos policiais, que estiveram no local em busca do irmão do estuprador, procurado por roubo.

Ao perceber a presença dos policiais, o suspeito fugiu em um Kadett. Durante a perseguição, ele sofreu um acidente com o carro e foi levado para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de Ricardo de Albuquerque, onde foi preso.
Todas as vítimas foram até a delegacia e reconheceram o homem.

Assista ao vídeo:


 
Veja Relacionados:  suspeito, estupro, vítimas, Nilópolis
suspeito  estupro  vítimas  Nilópolis 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!
RSS