R7 - Rio de Janeiro

Rio de Janeiro

24 de Novembro de 2014

Notícias

Motoristas que retornam ao Rio já encontram
dificuldades no trecho Niterói-Manilha

De acordo com a PRF, tráfego deve aumentar durante a tarde

Do R7 | 02/01/2011 às 10h44
Publicidade

O tráfego nas rodovias do Estado do Rio de Janeiro é considerado normal na manhã deste domingo (2). No entanto, de acordo com a PRF (Polícia Rodoviária Federal), o fluxo deve aumentar no período da tarde, horário preferido dos motoristas para pegar a estrada.

Veja como está o tráfego nas principais rodovias do Rio de Janeiro:


A ponte Rio-Niterói tem fluxo normal nos dois sentidos. Porém o motorista que volta para o Rio de Janeiro já encontra tráfego intenso no trecho Niterói-Manilha da BR-101.

Na rodovia Washington Luís, o tráfego é normal nos trechos da Baixada Fluminense, Itaipava, serra de Petrópolis e Juiz de Fora (MG). Em todos esses trechos, o motorista encontra chuva fina, mas boa visibilidade.

A Nova Dutra, principal rodovia entre São Paulo e Rio de Janeiro, o tráfego no trecho Rio é normal nos dois sentidos.

Tráfego normal também na estrada Rio-Teresópolis, rodovia que liga importantes cidades do Rio de Janeiro. O motorista deve ficar atento principalmente na serra, onde há registro de névoa.

A Via Lagos, rodovia que liga o município do Rio de Janeiro à região dos Lagos, no litoral norte fluminense, tem fluxo normal nos dois sentidos.

Pequeno acidente no km 60 da rodovia Rio-Friburgo, não atrapalha o tráfego em nenhum dos dois sentidos.

A rodovia Rio–Santos também tem fluxo normal nos dois sentidos.


Veja Relacionados:  trânsito, tráfego, rodovia, estrada
trânsito  tráfego  rodovia  estrada 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!
RSS