R7 - Rio de Janeiro

Rio de Janeiro

23 de Julho de 2014

Notícias

Traficantes exibem fotos com fuzis e debocham das UPPs em sites de relacionamento

Segundo a polícia, criminosos temem a pacificação das favelas dominadas por eles

Do R7 | 26/02/2013 às 13h27
Publicidade

Traficantes do Rio recorrem aos sites de relacionamento na internet para provocar a polícia. Além de postar fotos onde exibem fuzis e pistolas, os criminosos ainda debocham das UPPs (Unidades de Polícia Pacificadora).

Segundo a polícia, os bandidos temem a pacificação das favelas dominadas por eles e, por isso, resolvem apelar para ameaças na web. No Facebook, os traficantes do Complexo da Maré, conjunto de favelas da zona norte que está na lista das próximas ocupações pelas forças de segurança, aparecem em fotos com fuzis e roupas de guerra.

Criminosos do morro do Chapadão, em Costa Barros, zona norte, também tentam intimidar a polícia com fotos na internet. Em comentários nas redes sociais, os suspeitos dão dicas para quem pretende entrar para o tráfico de drogas.

A pedido da Rede Record, o especialista em direito criminal Henrique Baptista analisou as imagens divulgadas na grande rede. Ele afirmou que a conduta dos traficantes na interner pode ser enquadrada como crime. 

— Eles [traficantes] podem responder criminalmente seja por apologia ao crime ou ao fato criminoso e incitação ao crime. E em uma vertente mais grave, até por associação ao tráfico ou formação de quadrilha armada.

Assista ao vídeo:


 
Veja Relacionados:  Traficantes, utilizam, internet, para, organizar, contra, novas, UPP's, Maré
Traficantes  utilizam  internet  para  organizar  contra  novas  UPP's  Maré 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!
RSS