R7 - Rio de Janeiro

Rio de Janeiro

30 de Julho de 2014

Notícias

Velório de 6 jovens mortos na baixada reúne cerca de 500 pessoas; enterro é adiado para as 14h

PM e Guarda Municipal reforçam a segurança; ambulância faz atendimentos

Evelyn Moraes, do R7 | 11/09/2012 às 08h26 | Atualizado em: 11/09/2012 às 13h09

Publicidade

Os enterros dos seis jovens com idades entre 16 e 19 anos que foram mortos na Baixada Fluminense no último fim de semana foram transferidos das 10h desta terça-feira (11) para as 14h, no Cemitério de Olinda, em Nilópolis, na baixada.

O velório de Christian Vieira, de 19 anos; de Victor Hugo Costa e de Glauber Siqueira, de 17; de Josias Searles e Patrick Machado, de 16; e de Douglas Ribeiro, de 17 anos, começou por volta de 1h30, no Ginásio Municipal de Nilópolis, no bairro Cabral, onde eles moravam. Os corpos devem deixar o local por volta das 13h, segundo parentes. Três dos seis caixões estão lacrados porque os corpos estão desfigurados.

Cerca de 500 pessoas cercavam os caixões na quadra nesta manhã. As famílias das vítimas estão inconsoláveis. Pelo menos duas pessoas passaram mal e tiveram que receber atendimento na ambulância que está no local. O clima é de muita comoção e revolta. Agentes da Polícia Militar e da Guarda Municipal reforçam a segurança.

PM ocupa a favela da Chatuba

A Polícia Militar iniciou nas primeiras horas desta terça a ocupação permanente na comunidade Chatuba, em Mesquita, na Baixada Fluminense. No local será implantada uma Companhia Destacada da Polícia Militar com 112 PMs. A decisão do comando da corporação foi tomada após uma série de crimes na região: foram pelo menos 12 mortes em três dias.
 
Na manhã desta terça, cerca de 250 policiais militares do 3º Comando de Policiamento de Área, Coordenadoria de Inteligência, Batalhão de Polícia de Choque, Batalhão de Ações com Cães, Grupamento Aeromarítimo e do Batalhão de Operações Policiais Especiais ocupavam a favela.

Até as 7h10, três pessoas foram presas. Ricardo Sales da Silva, de 25 anos, e Monica da Silva Francisco, de 20, estavam com 433 papelotes de cocaína e 41 pedras de crack. Um homem identificado apenas como Beto Gorducho também foi preso. Ele estava em uma casa com 50 gramas de cocaína e R$ 15 mil em espécie. Ainda na manhã desta terça-feira, a Coordenadoria de Comunicação Social da PM divulgará novo balanço da operação.
 
Reconhecimento de roupas e tênis
 

Parentes dos seis jovens mortos perto da favela da Chatuba devem comparecer à Delegacia de Mesquita (53ª DP), que investiga o caso, nesta terça-feira. Eles devem fazer o reconhecimento de roupas e tênis encontrados durante operação na tarde de segunda-feira (10). Durante as buscas, foram encontradas cápsulas de fuzil.
 
O crime teria ocorrido no bairro do Cabral, em Nilópolis, também na baixada, mas a ação da polícia se estendeu a uma área do parque Gericinó, na zona oeste do Rio. A suspeita é de que um grupo de cerca de 20 criminosos da Chatuba seja o autor das mortes. Para a delegada Sandra Ornelas, da Delegacia de Nilópolis (57ª DP), onde o caso foi inicialmente registrado, a chacina foi uma demonstração de poder dos criminosos que controlam a favela. Sandra confirmou que os jovens não tinham envolvimento com o tráfico de drogas.
 
Outra hipótese para as mortes seria a rivalidade entre facções criminosas na Baixada Fluminense. De acordo com a Polícia Civil, os rapazes moravam no bairro em Nilópolis, supostamente controlado por adversários dos traficantes que comandam a favela da Chatuba.

Assista aos vídeos:

 


 
Veja Relacionados:  Velório, jovens, mortos, baixada, 300, pessoas; enterro, adiado, 14h
Velório  jovens  mortos  baixada  300  pessoas; enterro  adiado  14h 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!
RSS