• Twitter Created with Sketch.

Rio de Janeiro

Secretaria de Saúde investiga terceira morte suspeita de febre amarela no RJ

Paciente com quadro suspeito da doença era morador de Maricá, região metropolitana

Do R7

Prefeitura de Maricá recebeu dez mil doses para reforçar vacinação
Prefeitura de Maricá recebeu dez mil doses para reforçar vacinação André Borges/Agência Brasília

Um paciente com quadro suspeito de febre amarela morreu na madrugada desta quarta-feira (19), após ser transferido de Maricá para o Hospital Evandro Chagas (Fiocruz). De acordo com a Prefeitura de Maricá, região metropolitana do Rio, a vítima era morador do bairro de Bananal, área rural da cidade. O paciente chegou a ser internado na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de Inoã, mas foi transferido para a capital na tarde desta terça-feira (18), após diagnóstico suspeito.

Ainda segundo informações da Prefeitura de Maricá, antes do paciente ser transferido foram colhidas amostras de sangue que já foram enviadas para os laboratórios do Estado e da própria Fiocruz, que faz a testagem específica para a febre amarela. Em nota, a administração municipal de Maricá destacou que o caso ainda não foi confirmado e afirmou que não há um surto da doença na cidade.

"A Prefeitura reitera, ainda, que não há nenhum surto da doença na cidade e que a adoção de vacinação de bloqueio nas áreas rurais próximas ao Bananal, prevista para ser iniciada nesta quarta-feira (19/04) é uma medida preventiva que integra o protocolo de atuação da Saúde".

Se o caso for confirmado, esta será a terceira morte no estado por febre amarela. Um morte foi confirmada na cidade de Casimiro de Abreu, no interior do Rio, e outro óbito foi registrado em Porciúncula, no norte Fluminense. De acordo com a subsecretária de Vigilância em Saúde da SES (Secretaria de Estado de Saúde), ao todo, dez casos de febre amarela já foram confirmados. Em nota, a pasta informou que os exames que indicarão o diagnóstico do paciente ainda não foram concluídos. Disse ainda que "a Prefeitura de Maricá recebeu nesta terça, dez mil doses da vacina contra febre amarela para dar início à intensificação da vacinação dos moradores do bairro e de localidades próximas. Novos lotes serão repassados para o município nos próximos dias. A recomendação da SES é para que as doses sejam destinadas com prioridade para as áreas rurais e próximas às matas".

Assista 24 horas à programação da Record TV

  • Espalhe por aí:

Vídeos

Carregando

Twitter

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!
Access log
Access log