São Paulo

11/11/2013 às 10h55

Criança de cinco anos morta em ponto de ônibus na Grande SP levava carta para o Papai Noel

Além da menina, pai também foi assassinado e a mãe levada ao hospital em estado grave

Do R7, Fala Brasil

A menina de cinco anos que foi morta em um ponto de ônibus em Mogi das Cruzes, na Grande São Paulo, no último final de semana, iria com a família até uma agência dos correios entregar uma carta para o Papai Noel, escrita junto com os irmãos mais velhos, em que ela pedia uma boneca de presente. 

O crime aconteceu no sábado (9), às 10h30. O bandido estava sentado no ponto de ônibus, quando os pais e a menina se aproximaram às pressas, para pegar o coletivo. As testemunhas não conseguiram ouvir o nome que o suspeito disse, mas contaram à polícia que ele perguntou se a mulher era uma determinada pessoa. Ela teria dito que não.

Mesmo assim, o suspeito sacou a pistola. O marido ainda tentou impedir, mas foi atingido na nuca. Depois de atirar na criança, o bandido disparou mais três vezes contra a mãe, que foi atingida no pulmão e levada ao hospital em estado grave. O homem, de 63 anos, morreu na hora.

Leia mais notícias de São Paulo

O circuito de segurança do ônibus, que já estava parado no ponto, registrou o momento do crime. Segundo a polícia, depois dos disparos, o suspeito ainda deu duas coronhadas na cabeça da mãe. Ele conseguiu fugir, mas deixou para trás a mochila e o boné, que foram apreendidos.

Uma câmera, que fica numa borracharia próxima ao ponto de ônibus, também pode ajudar a polícia a identificar o criminoso. O bandido ainda não foi encontrado.

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade
Compartilhe
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!