São Paulo

6/3/2013 às 01h10

Funcionários da prefeitura prestam depoimento sobre desabamento de casarão no centro de SP

Testemunhas do acidentes já prestaram depoimento e proprietário do local também será ouvido

Do R7

Uma pessoa morreu após desabamento de parte de um casarão histórico ERNESTO RODRIGUES/ESTADÃO CONTEÚDO

O delegado José Sampaio Lopes Filho, que comanda a investigação sobre o desabamento de um casarão histórico no bairro da Liberdade, região central de São Paulo, deve ouvir nesta quarta-feira (6) funcionários da prefeitura. O acidente aconteceu na noite da última quinta-feira (28) e uma pessoa morreu. Os depoimentos estão previstos para começar às 11h. 

Na última terça-feira (5), outras testemunhas prestaram depoimentos. Deusa Machado dos Santos — mulher que ficou ferida dias antes do desabamento após ser atingida por um pedaço da fachada do prédio — e um tenende do Corpo de Bombeiros foram ouvidos.  

Leia mais notícias de São Paulo

Equipes da Defesa Civil e Prefeitura derrubaram no último sábado (2) o que restou do casarão antigo que veio abaixo. O imóvel que desabou estava fechado desde 2012 e passava por uma grande obra de ampliação. Inicialmente, o delegado informou que o proprietário e os engenheiros poderiam, no fim das investigações, ser indiciados por homicídio culposo — sem intenção de matar. No entanto, na última segunda-feira (4), o delegado declarou que pode indiciar os responsáveis pela obra por homicídio doloso — com intenção de matar.

Na próxima sexta-feira (8), está previsto o depoimento do proprietário da obra. 

 

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade
Compartilhe
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!