Homem é suspeito de matar a mulher e a filha por asfixia em Limeira

Ele confessou e disse que cometeu o crime porque a jovem pediu a separação

Um homem de 24 anos foi preso suspeito de ter assassinado a mulher e a filha em Limeira, cidade do interior de São Paulo, na noite de segunda-feira (25). O jovem confessou os assassinatos e disse que cometeu o crime porque a vítima, de 25 anos, pediu a separação. A filha do casal tinha um ano e oito meses.

O corpo da mulher foi achado debaixo de um carro e da menina debaixo de um caminhão. A Polícia Civil informou que recebeu a denúncia se tratando de um atropelamento, mas que os corpos não possuíam nenhum sinal de agressão. A polícia disse acreditar que as mortes tenham ocorrido por asfixia ou envenenamento. Um laudo deve comprovar as causas.

O jovem estava bastante transtornado no momento da prisão. A delegada que atendeu a ocorrência informou que pedirá um laudo psiquiátrico porque o suspeito aparenta ter problemas. 

Leia mais notícias de São Paulo