Imagens de câmeras podem ajudar a esclarecer morte de mãe e filha que fugiam de assalto

Carro em que a família estava bateu em poste; jovem lutava contra câncer de mama

Nathalia Barbosa e Gustavo Rodrigues, da Agência Record

Maria e Laísa, que enfrentava um câncer de mama há seis meses Reprodução/Facebook

A polícia de Poá, na região metropolitana de São Paulo, trabalha para descobrir se existem imagens de câmeras de segurança que possam ajudar a esclarecer as circunstâncias do acidente e prender os responsáveis pela morte de mãe e filha que estavam fugindo de assalto.

De acordo com a polícia e parentes das vítimas, a família estaria fugindo de uma tentativa de assalto. No veículo, estavam a professora Cristina Piascentini, de 52 anos, o marido dela, Marco Antonio Feitosa, também de 52 anos, dois filhos do casal, Laísa Piascentini Ohmaye, de 25 anos, e André Piascentini, de 15 anos, além do boliviano Fabian Unigarro, de 19 anos.

A irmã da vítima contou que a família havia ido buscar Fabian no Aeroporto Internacional de Guarulhos. O jovem intercambista morou com eles durante um ano e agora tinha sido aprovado em um curso de medicina e iria estudar no Brasil. Eles retornavam para a casa da família quando teriam sido surpreendidos pelos assaltantes. Marco era quem dirigia o veículo e acabou perdendo o controle e batendo em um poste.

Maria Cristina e Laísa morreram no local. A jovem enfrentava um câncer de mama há quase seis meses. Marco, André e Fabian foram socorridos com vida por equipes do Corpo de Bombeiros e do SAMU para o Hospital Regional de Ferraz de Vasconcelos e a Santa Casa de Misericórdia de Itaquaquecetuba.

Ainda segundo informações da irmã de Cristina, André teve a bacia trincada, mas já recebeu alta hospitalar. Fabian teve uma fratura de fêmur e irá passar por uma cirurgia. Marco sofreu escoriações e, até a tarde desta quinta-feira, estava internado em observação. O caso foi registrado na Delegacia de Poá. 

  • Espalhe por aí:

Twitter

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!