Justiça autoriza que madrasta de Isabella Nardoni cumpra pena no regime semiaberto

Condenada pela morte da enteada, Anna Jatobá poderá deixar a prisão cinco vezes por ano

Anna Carolina Jatobá está presa desde 2008
Anna Carolina Jatobá está presa desde 2008 Wether Santana/Estadão Conteúdo - 05/11/2008

A Justiça concedeu nesta segunda-feira (17) a progressão de regime a Anna Carolina Jatobá, condenada pela morte da enteada Isabella Nardoni. Com a decisão, ela vai cumprir a pena no semiaberto e terá direito de deixar a penitenciária cinco vezes ao ano para as saídas temporárias.

Anna Carolina Jatobá está presa na penitenciária de Tremembé, no interior de São Paulo, desde 2008.

Condenada a mais de 26 anos por envolvimento na morte de Isabella, Anna Carolina Jatobá solicitou a progressão ao regime semiaberto no final de abril. A alegação da defesa para o pedido diz que ela já cumpriu dois quintos da pena e tem esse direito.

O crime aconteceu em março de 2008. Depois de uma briga no caminho do apartamento onde Anna e Alexandre Nardoni moravam, ela teria esganado a menina, de 5 anos, que ficou inconsciente. Alexandre então teria cortado a tela de proteção e jogado Isabela do sexto andar.

Os dois foram condenados. Ela, a 26 anos; e ele, a 31 anos. Até hoje, os dois negam o crime. Eles alegam que uma terceira pessoa teria entrado no apartamento e matado a menina.