São Paulo

25/2/2013 às 00h30

Justiça condena veterinária a pagar indenização de R$ 11 mil por morte de poodle de SP

Caso aconteceu na cidade de Amparo, no interior de São Paulo

Do R7

Uma veterinária de Amparo, cidade do interior de São Paulo, foi condenada pela Justiça a pagar uma indenização para os donos de um cachorro de cinco anos. O animal morreu depois de passar por uma limpeza nos dentes.

Em agosto de 2011, os donos levaram o poodle Fred para uma clínica veterinária, aonde o animal deveria fazer um tratamento dentário. Quando voltou para casa, o cãozinho começou a passar mal e, depois de uma noite de agonia, morreu a caminho do hospital.

Para os donos, foi difícil de acreditar na perda do animal:

— Quando ele foi liberado, notamos que ele estava muito debilitado, fraco. Poucas horas depois começou a sentir, numa pata, depois outra, aí as dores foram intensificando.

Leia mais notícias sobre São Paulo

Patas ao alto: Gugu mostra seu terceiro amor

Seis meses após a morte de Fred, a família resolveu entrar com uma ação alegando erro médico. A veterinária foi condenada a pagar uma indenização de cerca de R$ 11 mil por danos morais e materiais.

Antes de procurar a Justiça, a família de Fred investigou a causa da morte. O corpo do poodle foi levado para um laboratório em Campinas. O laudo sugere como causa imediata do óbito uma síncope cardíaca associada a um provável quadro de vasculopatia, um tipo de disfunção cardiovascular.

Veterinária acredita em fatalidade

A doutora Kátia Pereira Michelini, veterinária que atendeu o animal afirma que o ocorrido foi uma fatalidade e que também sofreu com o falecimento de Fred.

— É uma vida, eu tratava dele desde filhote. A gente também se emociona, se envolve, é muito dificil.

A condenação, que cabe recurso em primeiro e segundo grau, apontou que a veterinária deveria ter exigido exames de hemograma do poodle antes de aplicar a anestesia geral. Kátia pretende recorrer da decisão:

— É muito desagradavel ser acusada do jeito que estou sendo. Eu nem conseguia falar sobre isso antes, é a primeira vez que estou falando porque estava muito doido pra mim, é uma situação delicada que nunca esperei passar.

Saiba mais sobre o caso na reportagem do Domingo Espetacular:

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade
Compartilhe
Compartilhe
Assalto na Dutra

Empresário morto ao saltar de carro em movimento era fã de armas e velocidade

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Crise no abastecimento

Moradores de Itu são obrigados a improvisar para conseguir água

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
17 anos

Sessão de tortura de garota queimada com cigarro durou quatro horas

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Você moraria nestes lugares?

Veja como estão imóveis que foram cenários de tragédias em São Paulo

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
  • Últimas de São Paulo

  • Últimas de Notícias

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!