São Paulo

31/1/2013 às 21h51 (Atualizado em 1/2/2013 às 08h51)

Menina de 11 anos é morta por bala perdida em Itaquaquecetuba

Autor do disparo foi um segurança, que fazia a escola de um caminhão

Marcos Guedes, da Agência Record, com Estadão Conteúdo

Jaiane Silva tinha ido buscar pão quando foi atingida pelo tiro de uma espingarda calibre 12 Mayara De Paula/Frame/Estadão Conteúdo

A polícia investiga a morte de criança de 11 anos por uma bala perdida no início da tarde desta quinta-feira (31). O crime aconteceu em Itaquaquecetuba, na Grande São Paulo. Jaiane Cirino da Silva, que estudava na sétima série, foi atingida nas costas por um tiro de calibre 12, disparado pelo segurança que escoltava um caminhão de eletrodomésticos.

A empresa dona do caminhão disse que quatro homens armados tentaram roubar a carga e os seguranças reagiram. Mas, de acordo com testemunhas, o segurança atirou depois de ter sido provocado por moradores do bairro.

Leia mais notícias de São Paulo

Para dar um susto, ele teria disparado e o tiro de espingarda calibre 12 atingiu a menina nas costas. Segundo o pai da criança, Jaiane saiu para comprar pão para o irmão. A garota era a caçula da família. Moradores do bairro ficaram revoltados com o crime.

O segurança Roberto Silva Monteiro, autor dos disparos, apresentou-se no 1º Distrito Policial de Itaquaquecetuba. Ele confessou ter atirado, mas não socorreu a vítima, pois ficou com medo de ser agredido pelos moradores da região. Ele foi preso em flagrante. 

Assista ao vídeo:

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade
Compartilhe
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!