R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

20 de Setembro de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/São Paulo/Notícias

Icone de São Paulo São Paulo

publicado em 03/06/2011 às 04h30:

Começa a funcionar transferência entre
Metrô e CPTM na estação Pinheiros

Passarela de 56,6 m de extensão foi concluída e deveria ter começado a funcionar ontem

Do R7

Publicidade

A integração entre a linha 4 - Amarela do Metrô com a linha 9 - Esmeralda da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) começa a funcionar nesta sexta-feira (3). A inauguração da passarela aconteceria na quinta-feira (2), mas foi adiada por causa da greve dos funcionários do trem. 

A estação Pinheiros da linha 4 do Metrô foi inaugurada no dia 16 de maio.  Desde então, ela funciona de 4h40 às 15h, mesmo horário de funcionamento de todo o ramal. A passarela que passa por cima da avenida Nações Unidas (marginal Pinheiros), tem 56,6 m de extensão e quase 7 m de altura.

Veja fotos da estação Pinheiros

Com a abertura da passarela, os passageiros da CPTM e do Metrô não precisarão mais pagar para fazer a transferência de um sistema para outro. A expectativa da ViaQuatro, que administra a linha Amarela do Metrô, é de que - com a passarela - a demanda salte dos atuais 46 mil usurários por dia para 240 mil. 

Ainda de acordo com a ViaQuatro, até o final de junho, o horário de funcionamento da linha Amarela do Metrô deverá ser ampliado gradativamente, até chegar a meia-noite e, com isso, também se modificará o horário de abertura e fechamento da passarela. 

Atualmente, a linha Amarela só funciona de segunda a sexta-feira, das 4h40 às 15h. A linha só deve operar nos fins de semana no fim do ano, quando deverão ser inauguradas as estações Luz e República. 

A Pinheiros foi a quarta estação da linha inaugurada pelo Metrô, em parceria com a iniciativa privada. Além dela, funcionam as estações Paulista, Faria Lima e Butantã. 

Linha 4 – Amarela 

O projeto da linha Amarela começou em 2001 e, na época, a estimativa era concluir as obras até 2006. Em janeiro de 2007, já atrasada, a construção sofreu um acidente, com a abertura de uma cratera de 80 m de profundidade na, então, futura estação Pinheiros. Sete pessoas morreram no acidente.

Os mortos identificados foram o motorista do micro-ônibus tragado pela cratera, Reinaldo Aparecido Leite, de 40 anos; o cobrador, Wescley Adriano da Silva, de 22 anos; a passageira Valéria Alves Marmit, de 37 anos e o funcionário público Marcio Rodrigues Alambert, de 31 anos. Uma pessoa que passava pelo local no momento do desastre, a aposentada Abigail Rossi de Azevedo, de 75 anos; o office boy Cícero dos Santos, de 60 anos, e o motorista Francisco Sabino Torres, de 48 anos, funcionário da obra, também morreram.

O projeto prevê 11 estações, que vão passar pelas regiões da Consolação, Butantã e Pinheiros. A previsão é de que toda a linha esteja funcionando até a metade de 2014.


Veja Relacionados:  passarela, metrô, CPTM
passarela  metrô  CPTM 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping