R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

2 de Outubro de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/São Paulo/Notícias

Icone de São Paulo São Paulo

publicado em 11/06/2010 às 16h36:

Corpo de advogada chega ao IML de São Paulo

Mércia Nakashima estava desaparecida desde o dia 23 de maio; corpo foi achado em represa

Do R7, com Agência Record

O corpo da advogada Mércia Nakashima, morta aos 28 anos, estava no IML (Instituto Médico-Legal) central no final da tarde desta sexta-feira (11). Segundo uma funcionária do local que preferiu não se identificar, o corpo chegou por volta das 15h. A mulher não soube dizer se já haviam sido realizados os exames necessários.

O corpo da advogada Mércia Nakashima foi encontrado na manhã desta sexta-feira na represa de Nazaré Paulista, no interior de São Paulo. A polícia chegou até o local após uma denúncia feita à família de Mércia. O corpo da advogada estava com a mesma roupa em que ela foi vista pela última vez em imagens do circuito interno de um elevador.

A família também disse ter identificado o corpo de Mércia pelo formato dos dedos. Muito emocionado, o irmão dela, Márcio Nakashima, disse que agora a família só quer que seja feita justiça.

– Eu já até andei criticando, reclamando da polícia. Vou aguardar, estou muito nervoso para ficar falando. Mas eu espero que... Esse é um país das injustiças. Infelizmente, a polícia prende, a Justiça solta. Espero que eles sejam os mais ágeis agora, que coloquem os culpados na cadeia e que as pessoas paguem pelo que fizeram. A Mércia é uma pessoa linda, não só fisicamente, é uma pessoa linda. Não merecia.

Também na tarde desta sexta, o advogado de Mizael Bispo de Souza, Samir Haddad Junior, disse à reportagem do R7 que seu cliente recebeu a notícia da morte de sua ex-namorada, a advogada Mércia Nakashima com muita tristeza. 

- Ele chorou ao receber a notícia.
Souza, advogado e ex-policial militar, é o principal suspeito pela morte de Mércia, que estava desaparecida desde o dia 23 de maio.

Haddad Junior contou ao R7 que seu cliente viu a notícia pela televisão, mas só acreditou no que havia ocorrido quando o advogado deu a notícia por telefone. Mizael estava fora de São Paulo, mas com a localização do carro na tarde desta quinta-feira (10), o advogado orientou que ele retornasse à capital paulista.

- Mizael quer contribuir com o trabalho da polícia, mas ele não quer mais falar com a imprensa. Agora, dependemos do resultado do laudo. Precisamos deixar os peritos trabalhar. A polícia vai chegar à conclusão de que meu cliente não é o culpado. Apesar de ele estar à disposição da polícia, ele só será chamado quando tiver provas ou indícios muito fortes de que ele é o culpado.

 

 


Veja Relacionados:  assassinato,mércia nakashima,desaparecimento,são paulo,represa
assassinato  mércia nakashima  desaparecimento  são paulo  represa 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping