R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

27 de Maio de 2016

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/São Paulo/Notícias

Icone de São Paulo São Paulo

publicado em 08/06/2010 às 22h50:

Estacionamento em SP é mais caro que o quilo de carne

Pesquisa aponta que preços aumentaram 10% no ano passado

Do JR

A reportagem da série “Procuram-se Vagas”, do Jornal da Record, fez um levantamento e constatou que estacionar por uma hora no centro de São Paulo é mais caro que o preço do quilo da carne.

O valor, uma média de R$ 15, também é mais alto que um ingresso de cinema. Com o dinheiro, dá para comprar cinco bilhetes do Metrô, e ainda sobra troco.

De acordo com o sindicato da categoria, 9.000 estacionamento oferecem 1 milhão de vagas em toda a capital, que tem uma frota estimada em 5 milhões de carros. A falta de vagas na cidade encarece o preço cobrado nos estabelecimentos.

É o caso do estacionamento do aeroporto de Guarulhos que cobra R$ 10 na primeira hora, mais R$ 4 na segunda e, R$ 3 nas seguintes. A diária custa R$ 58.

O engenheiro Márcio Pires viaja à Brasília a cada duas semanas e deixa o carro no aeroporto. Ele gasta, em média, R$ 80 de estacionamento e já chegou a pagar até R$ 100.

- Fica pesado, porque se você comparar com um tanque de gasolina, por exemplo, daria para rodar muito com R$ 80.

Uma pesquisa da FGV (Fundação Getúlio Vargas) constatou que os preços dos estacionamentos aumentaram, em média, 10% em 2009. Um aumento bem acima da inflação de 4,3%.

Para o presidente do sindicato dos estacionamentos, Sérgio Norad, em geral, os preços se justificam porque o custo do serviço também pode ser alto.

- Tem a questão de localização dos imóveis. É uma questão de mercado. São Paulo é uma cidade mais cara que outras metrópoles. 


Além disso, a cada ano, a prefeitura aumenta o número de ruas onde é proibido estacionar os carros. Só no ano passado, foram quase 8.000 vagas. O objetivo é facilitar a circulação de pessoas e melhorar o trânsito. A mudança acaba favorecendo a lei de mercado da oferta e da procura no ramo.

O bairro de Moema, na zona oeste da cidade, foi o ultimo atingido pela medida. Sem poder estacionar nas principais vias, os motoristas acabam parando em ruas pequenas, incomodando os moradores de casas, como é o caso da dona de casa Francisca Bandeira.

- Já pararam na entrada do meu portão. Eu queria entrar em casa e não podia. Quem tava dentro não podia sair. Então eu fiquei presa dentro da minha própria casa.

A presidente da associação dos moradores diz que os donos dos estacionamentos se aproveitaram da situação.

- Eles aumentaram o preço dos estacionamentos de aproveitando desta situação. Acho isso um abuso.

 

 
Veja Relacionados:  estacionamento,são paulo,preço,
estacionamento  são paulo  preço 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping