R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

20 de Outubro de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/São Paulo/Notícias

Icone de São Paulo São Paulo

publicado em 23/03/2011 às 12h11:

Governo SP começará a divulgar estatística
de crimes de forma mais detalhada a partir de abril

Até o momento, dados eram apresentados trimestralmente só por cidade e região

Camilla Rigi, do R7

Publicidade

Os dados sobre a violência, divididos por distritos policiais do Estado de São Paulo, poderão ser acessados pela população no site da SSP (Secretaria da Segurança Pública) a partir do dia 15 de abril. A garantia foi dada pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB), na manhã desta quarta-feira (23), durante evento no 2º BPM (Batalhão da Polícia Militar), na zona leste de São Paulo.

Também presente no evento, o secretário de Segurança Pública, Antônio Ferreira Pinto, negou que a mudança na divulgação tenha relação com o escândalo de vazamento de dados sigilosos da secretaria pelo sociólogo Túlio Kahn, que culminou na demissão do chefe do DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa), Marco Antonio Desgualdo, e de outros três delegados.

- Quando eu entrei [na SSP], me disseram que essa era a melhor forma de divulgação [trimestral dos dados por cidade e por região do Estado], mas havia uma cobrança grande quanto aos dados [mais detalhados], principalmente por parte da imprensa.

Segundo o secretário, foi feito um estudo e constatou-se que é viável a publicação mensal das informações, inclusive com a possibilidade de dividi-las por distritos policiais. Atualmente, as estatísticas de crimes em São Paulo são divulgadas pela SSP a cada três meses e sem uma regionalização dos crimes. Os dados são divididos apenas por cidades e regiões do Estado.

BOs

Na cerimônia desta manhã na zona leste, o governador de São Paulo assinou um documento que permite a mudança no procedimento de registros de BOs (boletim de ocorrência) nas delegacias. Com a assinatura, em cinco meses – até agosto –, a Polícia Militar de todo o Estado também passará a registrar BOs de crimes de menor porte, como furtos, perda de documentos e aparelhos eletrônicos, e desaparecimento de pessoas. Os registros serão feitos nos próprios batalhões.

A implantação da nova forma de registros dos BOs começará pela capital paulista e, até 3 de maio, todos os BPMs da cidade já registrarão os BOs. A medida foi tomada, de acordo com o governo, para agilizar o registro dos crimes e evitar o acúmulo de trabalho nos distritos policiais. 

O secretário de Segurança Pública admitiu que com a mudança o número de ocorrência registrados no Estado deve aumentar o número de crimes computados pelo Estado.

Fotocrim

Outra mudança anunciada pelo governador nesta manhã foi a abertura do Fotocrim para a Polícia Civil. O Fotocrim é um banco de dados da Polícia Militar que, atualmente, possui cerca de 400 mil registros de presidiários e ex-presidiários com 1,4 milhão de fotografias. O sistema permite ao policial que o acessa identificar suspeitos, saber os locais que eles frequentam e se eles têm relações com outros ex-detentos. O acervo de imagens possui também fotos de cicatrizes e tatuagens de criminosos, para ajudar na identificação de procurados.

O sistema foi criado em 1997 e, até hoje, só podia ser acessado pela Polícia Civil se houvesse uma solicitação formal à PM. O governador não soube explicar porque a aberturta de dados para as delegacias ocorreu somente agora.


Veja Relacionados:  registro,boletim,ocorrência
registro  boletim  ocorrência 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping