R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

27 de Maio de 2016

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/São Paulo/Notícias

Icone de São Paulo São Paulo

publicado em 28/02/2012 às 18h55: atualizado em: 28/02/2012 às 19h22

Justiça concede cela especial
de advogado para Mizael Bispo

Caso não haja vaga, acusado de morte de Mércia pode cumprir pena em casa

Do R7, com Agência Record

Publicidade

A Justiça de São Paulo concedeu a Mizael Bispo, no final da tarde desta terça-feira (28), o direito de ficar alojado em uma cela especial destinada à advogados - sala de Estado-Maior. Porém, caso não haja vaga disponível no Estado, o acusado de matar sua ex-namorada Mércia Nakashima poderá ficar em prisão domiciliar "condicionada aos requisitos a serem estabelecidos pelo juízo".

Logo após a decisão, a reportagem do R7 entrou em contato com a SSP (Secretaria de Segurança Pública) para saber se existem salas de Estado-Maior disponíveis no momento para abrigar o acusado, mas a assessoria da instituição não soube dar a informação até a publicação desta notícia.

Mãe de Mércia ficou surpresa com a prisão

Promotor quer marcar júri este ano

Promotor pede sala especial para Mizael

Os advogados de defesa de Mizael Bispo de Souza, acusado de matar Mércia em 2010, entraram na Justiça com o pedido na segunda-feira (27). A informação foi confirmada pelo defensor Ivon Ribeiro. Mizael está detido no presídio Romão Gomes, na zona norte de São Paulo, desde a última sexta-feira (24), quando decidiu se entregar.

Antes da decisão da Justiça, ainda nesta terça-feira, o promotor Rodrigo Merli chegou a encaminhar ao juiz da Vara de Guarulhos, na Grande São Paulo, um pedido para evitar a saída de Mizael do presídio Romão Gomes.

Prisão

Na última sexta-feira, Mizael Bispo se entregou à Justiça depois de ficar mais de um ano foragido. Por ser policial militar reformado, ele foi levado levado ao presídio Romão Gomes, na avenida Tenente Julio Prado Neves, zona norte da capital paulista.

Trê dias após a prisão dele, Janete Nakashima, mãe da advogada Mércia Nakashima, disse que se surpreendeu quando soube que Mizael Bispo havia se entregado à Justiça.

- Eu estava viajando e, quando cheguei, ligamos [sic] a televisão e estava dando chamada em uma outra emissora. Eu achei que isso jamais fosse acontecer. Eu aguardava que a polícia, sim, fosse prendê-lo [...] Ele é uma pessoa perigosíssima. É um alívio.

Para o advogado da família de Mércia, Alexandre de Sá Domingues, Mizael Bispo se entregou porque “acabou seu fôlego para continuar fugindo”. Segundo Domingues, Mizael “tinha todos os passos monitorados pela polícia e não tinha mais para onde correr”.

Acusação

Mizael Bispo é acusado de ter assassinado sua ex-namorada em 2010. Mércia desapareceu no dia 23 de maio de 2010 depois de visitar a casa da avó, em Guarulhos. As últimas imagens dela em vida foram feitas pelo circuito interno do elevador do edifício da avó.

O corpo de Mércia foi encontrado no dia 11 de junho em uma represa de Nazaré Paulista, no interior de São Paulo. Ela foi reconhecida pelas roupas, sapatos e formato dos dedos. Um dia antes, o carro da advogada foi achado no mesmo local.

No dia 6 de dezembro de 2011 completou um ano do decreto da prisão de Mizael Bispo. Na ocasião, a família de Mércia afirmou que  a influência da Mizael, por ter sido policial militar e ser advogado, era um dos motivos que o mantinham desaparecido.

Assista ao vídeo:

 

 

 

Veja Relacionados:  mércia, mizael, sala maior,
mércia  mizael  sala maior 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping