R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

25 de Outubro de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/São Paulo/Notícias

Icone de São Paulo São Paulo

publicado em 15/09/2011 às 07h10:

Mãe de universitária morta diz acreditar que
filha morreu porque reconheceu o invasor da casa

Jovem foi encontrada morta dentro de casa, na zona leste, com marcas de enforcamento

Do R7, com Balanço Geral

Publicidade

Marta Ribeiro, mãe da estudante de Finanças, Bianca Ribeiro Consoli, de 19 anos, encontrada morta dentro de casa na noite de terça-feira (13), disse acreditar que a filha morreu porque reconheceu a pessoa que invadiu o imóvel, na zona leste de São Paulo. De acordo com Marta, na casa havia vários objetos de valor que não foram levados.

Leia mais notícias no R7

- Em cima da mesa da cozinha tinha um notebook. No quarto, tinha televisão e não levaram nada. Eu creio que entraram mesmo para fazer essa maldade com ela.

As primeiras suspeitas da polícia indicavam que Bianca teria sido surpreendida no caminho da academia pois ela usava roupas de ginástica no momento do crime. Por isso, a recepcionista do estabelecimento deve prestar depoimento nesta quinta-feira.

O tio da estudante também disse acreditar que o assassino era uma pessoa conhecida, pois não havia sinais de arrombamento na casa. Antes do crime, segundo informações da polícia, a garota conversou com amigos pela internet e não demonstrou haver problemas em casa, o que reforça a hipótese de que o autor do crime invadiu a casa com ela lá dentro.

A jovem será enterrada na manhã desta quinta-feira (15) no cemitério do Curuçá, em Santo André.

O crime

A jovem foi encontrada por um primo em sua casa. Ela tinha um saco plástico na cabeça e marcas de enforcamento no pescoço. Uma tesoura que não seria da família também foi encontrada no local do crime. A Polícia Científica identificou sinais de luta na casa , com parte dos móveis revirados. Além disso, a região abdominal da jovem possuía marcas.

De acordo com a SSP (Secretaria de Segurança Pública), a mãe e o padrasto da jovem estavam trabalhando no momento do crime. A tia da estudante, que mora numa casa vizinha, estranhou ao ver as janelas da casa abertas com todas as luzes acesas e os televisores ligados.

Quando a mãe de Bianca chegou ao local, a porta estava trancada e ela pediu para que um primo da jovem pulasse o muro. O menino, de dez anos, foi quem encontrou Bianca morta na sala. O Corpo de Bombeiros foi acionado e ainda tentou reanimar a jovem, sem sucesso.

O caso é investigado pelo DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa).

Assista aos vídeos:

 

 

 

 


Veja Relacionados:  jovem, assassinada, esganadura, crime
jovem  assassinada  esganadura  crime 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping